Chiellini, Berardi e Caputo deixam concentração da seleção da Itália

·1 minuto de leitura
Giorgio Chiellini (E) em ação pela seleção da Itália na partida contra a Irlanda do Norte, pela Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022

Giorgio Chiellini, zagueiro da Juventus, assim como os atacantes Doemenico Berardi e Francesco Caputo, do Sassuolo, deixaram a seleção da Itália neste sábado, anunciou a federação italiana.

Os três jogadores foram colocados à disposição de seus clubes e, portanto, não jogarão as próximas duas partidas da equipe italiana pelo Grupo C das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, contra a Bulgária, no domingo, e a Lituânia, na quarta-feira, acrescentou a federação, sem especificar o motivo da saída dos jogadores.

Na quarta-feira passada, véspera do jogo contra a Irlanda do Norte pelo torneio classificatório para o Mundial no Catar, o atacante Moise Kean, do PSG, também abandonou o grupo.

No caso de Kean, a federação italiana citou o "cansaço" para justificar a decisão de desligar jogador de 21 anos, que teve covid -19, no início de março.

chc/gf/psr/lca