Chiellini anuncia aposentadoria da seleção italiana em jogo contra a Argentina

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Giorgio Chiellini anunciou que partida contra a Argentina será sua despedida da seleção. Foto: Alessandro Sabattini/Getty Images
Giorgio Chiellini anunciou que partida contra a Argentina será sua despedida da seleção. Foto: Alessandro Sabattini/Getty Images

A data da aposentadoria chegou para mais um grande jogador e: Giorgio Chiellini anunciou nesta segunda-feira (25) que deixará a seleção italiana após a partida contra a Argentina na final da Conmebol-UEFA Champions Cup 2022, que será disputado no Estádio de Wembley em 1º de junho.

"Se eu estiver bem vou jogar e me despedir da seleção em Wembley, onde certamente vivi o auge da minha carreira nacional e talvez da minha carreira em geral (Euro 2020), essa vitória foi algo único. Darei adeus à camisa da Azzurra com um jogo de comemoração desses ", disse o zagueiro da Juventus após a vitória contra o Sassuolo (1-2) pela Série A, na rede DAZN.

Leia também:

Apesar de deixar a seleção, isso não significa que será o fim de sua carreira, já que Chiellini deixou a porta aberta para continuar jogando, e tudo aponta para um futuro na MLS.

"Com a seleção, será com certeza será o último. Que joguem quem é bom", comentou entre risos. "Sem dúvida, ele será o último da seleção", disse.

Quando perguntado em relação à Juventus, a situação parece não ser tão simples. O zagueiro tem contrato até o fim desta temporada europeia e até agora não foi procurado pela diretoria para tratar uma possível renovação.

Apesar desse desinteresse do clube que defende desde 2005, Chiellini fez questão de deixar claro que seu amor pela Vecchia Signora jamais vai acabar.

“Claro que de agora até o final da temporada eu tenho que avaliar tudo e conversar com a minha família sobre o que é melhor. Vamos chegar ao quarto lugar primeiro e vencer a Copa da Itália, depois vou sentar com as minhas duas famílias – em casa e na Juventus – para descobrir o que é melhor para todos. Foi o mesmo no verão passado, demorei e não assinei o novo contrato até depois da Euro. Na minha idade, você não pode olhar a longo prazo, mas isso é natural, está tudo bem. Espero que você veja que estou feliz, relaxado e quero continuar me divertindo com meus companheiros de equipe, então veremos. Meu caso de amor com a Juventus não está acabando. Isso nunca vai acabar! O amor é tão forte que acho que nunca vai acabar”, afirmou o veterano.

Chiellini estreou pela seleção italiana no fim de 2004 e participou de duas Copas do Mundo: 2010 e 2014. Seu título mais expressivo com o selecionado foi a Eurocopa da última temporada e entrou em campo em 116 partidas, marcando oito gols.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos