Chelsea vence Tottenham por 4 a 2 e avança à final da Copa da Inglaterra

O confronto deste sábado entre Tottenham e Chelsea, pela Copa da Inglaterra, colocou líder e vice-líder do Campeonato Inglês cara a cara. O Chelsea, que já tinha visto a vantagem do rival cair para quatro pontos após a derrota para o Manchester United, garantiu vitória por 4 a 2 e está na final do torneio. Neste domingo, Arsenal e Manchester City se enfrentam, novamente em Wembley, às 11h, para decidir que será o rival dos Blues na decisão, no dia 27 de maio.

O brasileiro Willian marcou os dois gols do primeiro tempo, mas viu os Spurs igualarem o placar com Kane e Ali. Entretanto, pôde contemplar a vitória dos Blues no segundo tempo. Os jogadores se destacaram em campo, já a arbitragem foi criticada. O assistente Surt Birt viu pênalti de Song em Moses no primeiro tempo, o que resultou no segundo gol do Chelsea.

Eden Hazard, que assistiu ao primeiro tempo do duelo no banco de reservas, poupado por Conte, assim como Diego Costa, teve papel fundamental na classificação. O placar marcava 2 a 2 quando o técnico colocou o belga em campo. Ninguém sabia o que viria logo depois, mas Hazard se tornou astro do jogo ao marcar o terceiro gol e dar assistência para o quarto do Chelsea no Wembley, marcado por Matic.

Lance polêmico do outro lado foi quando o goleiro Lloris se atrapalhou ao sair da área para fazer defesa e colocou a mão na bola do lado de fora. Os jogadores do Chelsea até reclamaram, mas o juiz mandou o jogo seguir alegando que não viu o lance.

A vitória do Chelsea só alimentou a rivalidade histórica entre os times. O Tottenham não vence o Chelsea na Copa da Inglaterra desde 1982. O último título dos Spurs foi em 1991. Já os Blues foram campeões seis vezes desde então.







E MAIS: