Chelsea sai na frente, mas Real Madrid busca empate na semi da Champions

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Real Madrid (ESP) e Chelsea (ING) abriram nesta terça-feira (27) a fase semifinal da Champions League. Em partida disputada no estádio Alfredo Di Stéfano, espanhóis e ingleses empataram em 1 a 1.

O norte-americano Christian Pulisic anotou para o clube londrino, que saiu na frente na capital espanhola, mas o francês Karim Benzema deixou tudo igual ainda na primeira etapa. As equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (5), em Stamford Bridge.

Técnico do Chelsea, Thomas Tuchel busca voltar à decisão europeia. Na temporada passada, levou o Paris Saint-Germain (FRA) à final, mas ficou com o vice-campeonato diante do Bayern (ALE).

Do outro lado do confronto, Zinedine Zidane sonha com seu quarto troféu de Champions como treinador do Real. Sob seu comando, o clube conquistou o tricampeonato do torneio entre 2016 e 2018.

O francês, contudo, nunca venceu Tuchel. Em cinco duelos até aqui, foram quatro empates e uma derrota.

Nesta terça, o Chelsea levou perigo ao gol do Real Madrid logo no início da partida. Timo Werner, questionado por seu aproveitamento desde que chegou à Inglaterra, perdeu chance cara a cara com Courtois, que fez grande defesa.

Os londrinos abriram o placar aos 14 minutos, com Christian Pulisic. Rüdiger fez belo lançamento por cima da defesa espanhola e encontrou o norte-americano, que teve tempo de dominar, driblar Courtois e finalizar para balançar as redes no Alfredo Di Stéfano.

Pulisic se tornou o primeiro jogador dos Estados Unidos a marcar em uma semifinal de Champions.

Debaixo de chuva intensa, a equipe de Thomas Tuchel seguiu melhor no jogo e teve oportunidade de ampliar nos contra-ataques, mas a vantagem do Chelsea não durou muito.

Após escanteio curto, uma combianção brasileira levou o Real Madrid ao gol de empate. Marcelo cruzou, Casemiro e Militão desviaram de cabeça e Benzema, no meio da área, dominou e bateu firme de voleio para deixar tudo igual, aos 29 minutos da etapa inicial.

Foi o 71º gol do atacante francês na Champions League, igualando a marca de Raúl González, outro ídolo madridista. Benzema só não tem mais gols na história do torneio do que Robert Lewandowski, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

O gol trouxe os espanhóis de volta para a partida e o time de Zinedine Zidane terminou melhor o primeiro tempo.

A etapa final seguiu roteiro semelhante aos 45 minutos iniciais, com o Chelsea iniciando forte e o Real Madrid equilibrando forças da metade em diante, mas sem alterações no placar.

Na próxima quarta-feira, em Londres, empate sem gols classifica os ingleses. Já os espanhóis precisarão buscar a vitória ou um empate com gols para garantir um lugar na decisão da Champions, em Istambul.