Chelsea recebe o Southampton para tentar ampliar vantagem na ponta

O meio de semana será rico no Campeonato Inglês de jogos reprogramados de rodadas anteriores por conta de compromissos dos clubes por outras competições. E isso vai gerar emoções na luta pela liderança, atualmente nas mãos do Chelsea, que soma 75 pontos, quatro a mais que o Tottenham, seu perseguidor mais direto.

Nesta terça-feira o Chelsea recebe o Southampton no Estádio Stamford Bridge, em Londres, e não deverá encontrar maiores problemas contra um rival que soma 40 pontos e perambula na parte intermediária da tabela de classificação, sem maiores aspirações. Os londrinos têm consciência da responsabilidade da vitória.

“Nós precisamos fazer aquilo que se espera de nós, pois temos uma gordura na liderança e não podemos queimá-la justamente em uma partida dentro de nossa casa. Respeitamos nosso adversário, mas qualquer resultado diferente de vitória vai ser considerado uma verdadeira tragédia”, avisou o italiano Antonio Conte, comandante do Chelsea.

Para esta partida, a tendência é que Conte volte a escalar o meia belga Eden Hazard e o atacante espanhol Diego Costa, que foram poupados do jogo contra o Tottenham, no último sábado, válido pelas semifinais da Copa da Inglaterra. Outro jogador que pode voltar é o zagueiro Gary Cahill, que retornou aos treinamentos depois de enfrentar uma gastroenterite.

Pelo lado do Southampton, o técnico Claude Puel não poderá contar com o meio-campista britânico Sam McQueen, com um estiramento na virilha. Além dele, os já lesionados Matt Target e Charlie Austin também estarão fora da partida. Entretanto, o treinador francês terá de volta o volante espanhol Oriel Romeu, que cumpriu suspensão de dois jogos, fato celebrado por Puel.

“Penso que ele não está longe de Kanté (do Chelsea). Ele recupera a bola muito bem e é um jogador técnico. Ele é um atleta importante para o time porque é capaz de fazer um trabalho fantástico para recuperar a bola e iniciar as jogadas. É difícil para nós jogarmos sem ele”, analisou.

Na quarta-feira, já sabendo do resultado do Chelsea, o Tottenham entra em ação, na condição de visitante, para medir forças com o Crystal Palace, que tem 38 pontos e apenas cumpre tabela, mas está embalado pela vitória de 2 a 1 sobre o Liverpool na casa do adversário.

Outro jogo interessante acontece no Estádio Emirates, em Londres, onde o Arsenal recebe o Leicester, atual campeão. Os anfitriões somam 57 pontos e querem encostar na zona de classificação para a Liga Europa. Além disso, estão embalados pelo triunfo de 2 a 1 sobre o Manchester City que o levou para a final da Copa da Inglaterra. Já o Leicester, com 37 pontos, busca mais alguns pontinhos para afastar o já remoto risco de rebaixamento.

A quinta-feira reserva o clássico da cidade de Manchester, entre City e United, que duelam no Estádio Etihad. O Manchester City é o quarto colocado com 64 pontos, um a mais que os Diabos Vermelhos, e fecha a zona de classificação para a Champions League. Portanto, trata-se e um confronto direto que vai tirar o fôlego dos torcedores.

Veja os confrontos do Campeonato Inglês programados para este meio de semana:

Terça-feira

15h45 Chelsea x Southampton

Quarta-feira

15h45 Arsenal x Leicester

15h45 Middlesbrough x Sunderland

16h Crystal Palace x Tottenham

Quinta-feira

16h Manchester City x Manchester United