Chelsea quer aumentar tamanho do banco de reservas na Premier League

Goal.com

O Chelsea irá propor na próxima reunião com os clubes e autoridades da Premier League que sejam permitidos nove jogadores no banco de reservas durante as partidas do "Project Restart". A retomada do Campeonato Inglês acontece no dia 17 de junho.

As regras atuais permitem que sete jogadores fiquem no banco de reservas como opções para os treinadores na Premier League. Mas a Fifa permitiu que cinco substituições sejam feitas após a pausa pela pandemia da Covid-19.

O aumento no número de jogadores no banco de reservas poderia ser benéfico para o Chelsea, que poderia utilizar mais jogadores nesta reta final de campeonato. A ideia é minimizar ao máximo o risco de lesões dos atletas e, pelo lado dos Blues, maximizar o uso da base.

Proibido de contratar por punição da Fifa, o Chelsea utilizou diversos jogadores da base nesta temporada, que foram importantes para colocar o time em posição de brigar por uma vaga na Liga dos Campeões. Mason Mount e Tammy Abraham são bons exemplos.

Caso a proposta seja aceita, Frank Lampard poderia dar mais espaço para jogadores como Armando Broja, Tino Anjorin e Ian Maatsen, outras jovens promessas so time de Londres.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também