Chelsea não deve "perder a cabeça" protegendo vantagem, diz Tuchel

·1 minuto de leitura
Thomas Tuchel em jogo do Chelsea contra o Crystal Palace

(Reuters) - Thomas Tuchel, técnico do Chelsea, disse que seus jogadores não devem "perder a cabeça" permitindo que sua vantagem de 2 x 0 sobre o Porto na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões crie uma sensação falsa de segurança antes da partida de volta de terça-feira.

O Chelsea está com um pé na semifinal da competição dos clubes de elite da Europa graças a gols de Mason Mount e Ben Chilwell, mas Tuchel insistiu que não instruirá o time a proteger a liderança no jogo "em casa" em Sevilha.

O confronto acontecerá no estádio Sánchez Pizjuán do Sevilha devido às restrições de viagem da Covid-19 entre Portugal e Inglaterra.

"Não abordamos jogos assim, conversando sobre o resultado que temos e depois mudando de abordagem", disse Tuchel em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira. "É importante estar plenamente concentrado e disputar o melhor jogo possível".

"É mais fácil para o Porto se adaptar porque eles sabem o que precisam fazer para avançar. Para nós, se começarmos a nos adaptar, podemos perder a cabeça facilmente".

"O que isto significa? Basta perder de um a zero? Por que deveríamos adotar esta mentalidade? Temos uma certa maneira de jogar e tentaremos levar isso. Temos que ser livres em nossas mentes para reagir a situações no campo", completou.

O Chelsea tem uma semana decisiva, já que ainda enfrenta o Manchester City em uma das semifinais da Copa da Inglaterra em Wembley no sábado, e Tuchel acredita que sua equipe está a caminho de um final de temporada expressivo.

(Por Arvind Sriram em Bengaluru)