Chegada de Sergio Ramos ao PSG divide o vestiário francês

·1 minuto de leitura


A contratação do zagueiro Sergio Ramos divide o vestiário do Paris Saint-Germain, segundo o "Le Parisien". Diversos jogadores do elenco dirigido por Mauricio Pochettino enxegam a chegada do espanhol como desnecessária por preencher um setor considerado bem servido.

O mal-estar coincide com a chegada de Donnarumma ao plantel. Assim como a defesa já conta com Marquinhos e Kimpembe como titulares, Keylor Navas é considerado o guarda-meta titular por conta dos bons desempenhos e da história que possui.

> Veja a tabela da Eurocopa

No entanto, Leonardo, diretor esportivo do PSG, vê as duas situações como oportunidades de mercado uma vez que ambos estavam sem contrato com seus antigos clubes. No caso de Ramos, o atleta ainda será um dos mais bem pagos do time e deve ter um status similar com o que tinha no Real Madrid.

Caso as contratações es concretizem, o elenco ficará muito forte em alguns setores, mas outras posições como a lateral esquerda e um atacante clássico seguirão contestadas. E até o momento não há movimentações para estas lacunas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos