Chegada de Renato Augusto muda o patamar do Corinthians no Brasil?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A fiel torcida está vivendo dois momentos bem distintos. Um é de insatisfação, por conta do que está sendo apresentado pelo elenco atual no Brasileirão 2021. Já o outro é de esperança, por conta das boas contratações que o clube vem fazendo. Após Giuliano, que foi o primeiro reforço de peso da "Era Duílio", chegou a vez de Renato Augusto ser oficialmente anunciado.

O que esperar do Coringão, agora que o time trouxe dois jogadores pra um dos setores mais carentes do time? A chegada de Renato Augusto muda o patamar do Corinthians no Brasil?
Vamos analisar.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Renato Augusto finalmente voltou ao Corinthians. Após jogo duro dos chineses para rescindir seu contrato, o meia pôde se desvincular para assinar com o time de Parque São Jorge. Anunciado nesta quinta-feira (22), o atleta de 33 anos, antes mesmo de entrar em campo, já trouxe a esperança da fiel torcida por dias melhores. Isso se dá pois os comandados de Sylvinho não estão correspondendo dentro de campo, sendo a criatividade e ofensividade um dos maiores problemas do alvinegro paulista.

Mas agora a chance de melhora é muito maior, afinal de contas o clube contratou não só um como dois meias com técnica apurada, tanto para construir jogadas, quanto para finalizá-las. É inegável que o Corinthians conseguiu aumentar seu nível técnico e seu poder de fogo, apenas com estes dois jogadores, a níveis muito maiores do que o visto desde o final da era Mancini. Caso venha ainda um novo ponta (Róger Guedes) e um novo centro-avante, o Timão, literalmente, ressurgirá no cenário nacional.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Renato é um bom finalizador, criador de espaço, limpador de jogadas, bom passador e bom cabeceador. Um jogador completo que, recuperando sua forma física, tem tudo pra repetir o sucesso já alcançado, entre 2013 e 2015, com a camisa do Corinthians. Seria perfeito tê-lo atuando pela esquerda, abrindo mais uma possibilidade de ataque, do lado oposto ao já tão explorado Gustavo Silva.

Sylvinho terá mais peças nas mãos. Será que mostrará melhor trabalho? | Miguel Schincariol/Getty Images
Sylvinho terá mais peças nas mãos. Será que mostrará melhor trabalho? | Miguel Schincariol/Getty Images

O time seguirá com três volantes? A nação corinthiana espera que não. Com esta equipe que está se desenhando, o Corinthians começa a deixar de pensar que irá brigar apenas por uma vaga na Copa Sul-Americana ou até mesmo contra o rebaixamento. Agora, mesmo sem a estreia dos craques, o Timão já é mais forte que antes. Caso outros reforços continuem chegando, o clube dará ainda mais motivos para os "antis" ficarem loucos e para o bando de loucos ficar bem tranquilo. É uma nova fase que se inicia pelos lados da zona leste de São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos