Chegada de atacantes não incomoda Luiz Araújo, que vê São Paulo forte

Luiz Araújo está há mais de um mês sem fazer um gol pelo São Paulo, mas mantém o discurso positivo. Nem a chegada de reforços para sua posição, casos dos atacantes Marcinho e Morato, incomodam o jogador, pelo menos não publicamente. Nesta terça-feira, ele elogiou a contratação da dupla e disse que o time tem muito a ganhar com a concorrência.

- Fico feliz pela chegada deles. Se estão vindo para o São Paulo é porque tem qualidade. É uma disputa sadia, cada um vai brigar pelo seu espaço. Tenho certeza de que o Rogério vai optar pelo melhor. Quem tiver melhor vai jogar. E tenho certeza de que o São Paulo vai brigar com grandes coisas - afirmou Luiz.

Luiz começou o ano voando: foram cinco gols e cinco assistências até aqui. Mas o último tento foi no dia 8 de março, na vitória de 3 a 1 sobre o ABC-RN, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Preocupação? Ele diz que não.

- Não estou fazendo gols, mas estou cumprindo minha função tática que o Rogério Ceni pede - declarou.

Apesar da seca, o atacante tem o apoio de Ceni e deve ser titular nesta sequência de jogos importantes. Na quinta, o time recebe o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, e no domingo, o Corinthians, pela semifinal do Paulista, ambos no Morumbi. Para Luiz Araújo, o time precisa se impor e construir um resultado significativo dentro de casa.

- A gente vem provando a cada jogo a nossa qualidade e o nosso potencial. O São Paulo é um clube muito grande, a gente vem de excelentes jogos, a defesa não toma gols há quatro jogos. A gente não vai mudar nosso jeito de jogar, de marcar pressão, vamos sempre buscar gols. Com certeza, não tomar gols é importante porque dá uma boa vantagem. Vamos entrar focados que será muito importante - analisou o atacante.









E MAIS: