Chefe da Sauber espera volta de Wehrlein “o mais rápido possível”

A Sauber ainda não contou com seus dois pilotos principais na temporada de 2017 da Fórmula 1. Isso porque o alemão Pascal Wehrlein segue se recuperando de um acidente sofrido durante a Corrida dos Campeões, em janeiro, e sua volta segue indefinida. A chefe do time, Monisha Kaltenborn, declarou que o piloto quer voltar quando estiver se sentindo inteiro.

Leia mais:

Confira os capacetes dos pilotos da temporada de 2017 da F1

“Do ponto de vista médico, ele foi liderado para a corrida já nos testes. O resto é questão de ele querer estar 100% durante toda a corrida. Ouvimos dos médicos que isso é muito desafiador para os pilotos, e ouvimos isso dos corredores também. Então Pascal está trabalhando muito bem em sua forma física”, disse.

Quem está substituindo o alemão é o italiano Antonio Giovinazzi, que terminou em 12º na estreia da temporada, na Austrália, e também atuará no GP da China neste fim de semana. Apesar do bom desenvolvimento do piloto, Kaltenborn exaltou que a volta de Wehrlein é fundamental para o time.

“O objetivo dele e nosso alvo e tê-lo o mais rápido possível no carro, idealmente para a próxima corrida. Se não for possível, será na seguinte. Mas claro é que ele e nosso segundo piloto e isso não vai mudar”, completou Monisha. O primeiro piloto da Sauber é o sueco Marcus Ericsson, ex-companheiro do brasileiro Felipe Nasr na escuderia.

Veja abaixo os salários dos pilotos de 2017 da Fórmula 1.