Chefe é chefe: Ronaldinho brilha e Barcelona vence clássico das Lendas com o Real

No verão de 2003, o clube azul-grená resolveu incorporar o craque português em caso de negociação por Ronaldinho, perto do Man Utd, falhar

Menos de uma semana depois de Lionel Messi e companhia garantirem uma virada sobre o Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu, o Barcelona voltou a vencer o arquirrival. Desta vez, El Clásico foi disputado entre grandes lendas. O nome do confronto foi Ronaldinho Gaúcho, responsável por duas assistências.

O encontro disputado em Beirute, com a renda doada a comunidades carentes, foi vencido pelo time catalão. A equipe obteve um triunfo com gols de Ludovic Giuly (duas vezes) e Simão, enquanto Fernando Fernández e Javi Guerrero descontaram para os Blancos.

Além do resultado, o público pôde aproveitar a presença de grandes futebolistas, como Ronaldinho, Eric Abidal, Edgar Davids, Giuly, Luca Zambrotta, Nicolas Anelka, Savio, Karembeu, Fernando Morientes, Rubén de la Red, Popescu e Salinas.