Chavez volta a trabalhar com bola em treino pegado do São Paulo

O São Paulo ganhou uma opção ofensiva para os próximos jogos. Trata-se do argentino Andres Chavez, que treinou normalmente na tarde desta quinta-feira, após se recuperar de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda.

O camisa 9, inclusive, foi um dos destaques da atividade realizada na reapresentação da equipe, um dia depois da vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, no Mineirão. Em campo, só os reservas e aqueles que pouco atuaram contra a Raposa. Os titulares realizaram um trabalho regenerativo na piscina do CCT da Barra Funda.

Primeiro, o técnico Rogério Ceni promoveu um quatro contra quatro em campo reduzido – em um espaço do tamanho de uma quadra. Dono de um chute potente, Chavez marcou aos menos quatro gols arriscando de “longe”. Neilton, Marcinho e o garoto Éder Militão também foram bem.

Emprestado pelo Boca Juniors até junho, Chavez se lesionou durante o treino de 11 de abril. Seis dias antes, ele havia atuado no empate sem gols contra o Defensa y Justicia-ARG, pela Copa Sul-Americana. No ano, o atacante de 26 anos disputou um total de oito partidas e marcou dois gols, ambos na derrota por 4 a 2 para o Grêmio Osasco Audax, em 5 de fevereiro, pela estreia no Campeonato Paulista.

Apesar de não ter sido tático, o treino foi bastante pegado entre os jogadores, que não aliviaram nas disputas pela bola. Contribuiu para isso também Rogério Ceni ao não marcar faltas para dar mais dinâmica à atividade. Os goleiros Sidão e Denis também foram muito exigidos, defendendo chutes à queima roupa a cada lance.

Bruno, substituído logo aos 20 minutos do primeiro tempo do embate com o Cruzeiro, realizou um trabalho de recondicionamento físico à parte sob a orientação do preparador José Mário Campeiz. O lateral direito, contudo, está fora do clássico contra o Corinthians, neste domingo, em Itaquera, uma vez que foi cortado da lista de inscritos para as fases decisivas do Campeonato Paulista. A tendência é que Wesley seja o seu substituto.

De olho na segunda semifinal contra o seu grande rival, o São Paulo volta a treinar na manhã desta sexta-feira, no CCT da Barra Funda. Rogério Ceni também terá o sábado para preparar a equipe, que precisa reverter uma desvantagem de dois gols para atingir a final do torneio.