Charlize relembra a noite em que a mãe matou seu pai em autodefesa

Yahoo Vida e Estilo
Charlize Theron em dezembro deste ano (Foto: Jason Mendez/WireImage)
Charlize Theron em dezembro deste ano (Foto: Jason Mendez/WireImage)

Charlize Theron relembrou a noite em que sua mãe, Gerda Jacoba, matou o marido para se defender. A atriz tinha apenas 15 anos quando o episódio de violência doméstica aconteceu. O pai da estrela era alcoólatra, e atirou contra a mulher e a filha nesse dia.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em entrevista à rádio ‘NPR’, ela conta que o pai era um homem muito doente e que só o conheceu dessa maneira. “Era uma situação sem volta e nossa família estava presa nela. O dia a dia imprevisível da vida com um dependente químico é algo que você grava no corpo, mais do que aquele episódio específico, que aconteceu em uma noite”, diz Charlize.

Leia também

A artista conta que o pai mal conseguia andar quando chegou bêbado em casa com uma arma. Charlize e a mãe estavam no quarto da atriz se escondendo do homem. Elas estavam encostadas na porta para que ele não entrasse. “Mas ele deu um passo para trás e disparou contra a porta três vezes. Nenhuma dessas balas nos atingiu, o que é um milagre”, relata. “Mas, em legítima defesa, ela acabou com a ameaça”, diz sobre a reação da mãe.

“Claro que eu gostaria que aquela noite nunca tivesse acontecido. Mas, infelizmente, é o que acontece quando você não chega à raiz desses problemas”, reflete.

Charlize Theron e a mãe no Oscar de 2014 (Foto: Jason Merritt/Getty Images)
Charlize Theron e a mãe no Oscar de 2014 (Foto: Jason Merritt/Getty Images)

A protagonista do filme ‘O Escândalo’ não tem vergonha de falar sobre o caso de violência familiar. “É algo que eu compartilho com muitas pessoas porque acho que quando mais falarmos, mais percebemos que não estamos sozinhos”, finaliza.

Saiba mais: Charlize Theron publica foto rara da filha transgênero

Leia também