‘Do Bronx’ x Hooker e mais três lutas a casar pós-UFC São Paulo

Yahoo Esportes
Charles Oliveira venceu rápido em São Paulo (Alexandre Schneider/Zuffa LLC/Getty Images)
Charles Oliveira venceu rápido em São Paulo (Alexandre Schneider/Zuffa LLC/Getty Images)

Já passou da hora do UFC dar um adversário de nome para Charles “do Bronx” Oliveira.

O peso-leve paulistano brilhou mais uma vez no UFC São Paulo, realizado na noite de sábado no ginásio do Ibirapuera, ao atropelar o duro Jared Gordon em menos de 90 segundos. Oliveira, conhecido pelo afiado jiu-jitsu, agora acumula seis vitórias em sequência no octógono, com quatro finalizações e dois nocautes.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

A lista de oponentes despachados por “do Bronx” contém atletas populares do esporte como Clay Guida, Jim Miller e Nick Lentz, mas o brasileiro se encontra em uma posição ingrata na divisão até 70kg. Quem está ranqueado acima dele o considera um risco muito grande com pouco retorno. Quem está atrás não topa enfrentá-lo com medo de ter que recomeçar a caminhada em caso de derrota.

Leia também:

“Do Bronx” pareceu ter aprendido a lição de que não basta apenas pedir por “um adversário do top 15” e entrou na jaula com um nome específico em mente. Seu erro, no entanto, foi ter pedido pelo irlandês Conor McGregor, atleta mais popular do esporte. A chance dessa luta acontecer é nula.

Um bom confronto para Oliveira, na opinião do blog, é contra o neozelandês Dan Hooker. “The Hangman” bateu James Vick e Al Iaquinta esse ano, tendo vencido seis dos sete rivais que enfrentou desde que subiu da categoria dos penas (66kg) para os leves (70kg).

Abaixo vão outras lutas que o blog casaria para os principais atletas do UFC São Paulo:

Jan Blachowicz x Anthony Smith: O polonês teve o braço levantado após o duelo com Ronaldo “Jacaré”, mas a vitória não impressionou. Tanto Blachowicz quanto “Jacaré” lutaram muito aquém de suas capacidades, e o duelo morno de 25 minutos terminou à base de muitas vaias.

Blachowicz se colocou à disposição para enfrentar o campeão Jon Jones, mas é bem improvável que ele receba essa chance pelo título — Dominick Reyes tem prioridade, e a péssima luta em São Paulo dificilmente convenceria o UFC a mudar seus planos. Seu próximo adversário pode ser Anthony Smith, que retomou o caminho das vitórias ao finalizar Alexander Gustafsson em junho após cair diante de Jones.

Ronaldo “Jacaré” Souza x Nikita Krylov: O brasileiro estreou na categoria meio-pesado (93kg) com um grande desafio, mas o que vimos no sábado foi a pior performance de sua carreira no MMA. Bastante vaiado em seu país, “Jacaré” dará passos atrás na divisão. Nikita Krylov, ucraniano que já engrossou o caldo de muita gente boa no MMA, seria o adversário perfeito para testá-lo.

Maurício “Shogun” Rua x Paul Craig 2: O duelo entre os pesos-meio-pesados “Shogun” e Craig não foi a pior luta da noite por que “Jacaré” x Blachowicz aconteceu minutos depois, mas vários fatores influenciaram na luta de 15 minutos entre eles. O casamento de estilos entre eles tem potencial.

Ambos pediram por uma revanche imediata após um frustrante empate dividido — que na opinião do blog não foi o resultado mais justo, mas, sim, uma vitória do brasileiro. Levando em conta que esta pode ser a última luta da carreira de “Shogun”, Craig talvez seja o adversário que mais favoreça, pelo estilo de jogo, para que ele deixe o esporte com uma vitória.

Veja mais de Guilherme Cruz no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também