Chapecoense vence Atlético Nacional em jogo com homenagens na Recopa

Jogadores da Chapecoense comemoram gol contra o Atlético Nacional 4/4/17 REUTERS/Paulo Whitaker

(Reuters) - A Chapecoense derrotou o Atlético Nacional por 2 x 1, nesta terça-feira, no jogo de ida da final da Recopa Sul-Americana, em partida repleta de homenagens às vítimas do acidente aéreo que vitimou a equipe catarinense há pouco mais de quatro meses.

A torcida da Chapecoense aplaudiu de pé o gol do clube colombiano, em retribuição à solidariedade mostrada pelo Atlético Nacional quando a tragédia aconteceu, no final de novembro, antes da final da Copa Sul-Americana entre os dois clubes.

O time colombiano e seus torcedores conquistaram o reconhecimento mundial quando homenagearam os brasileiros dias após a queda do avião, que se chocou contra uma montanha perto de Medellín, matando 71 das 77 pessoas a bordo, incluindo 19 jogadores.

Os cerca de 19 mil torcedores na Arena Condá cantaram no minuto 71 o tradicional "Vamos, vamos, Chape", em homenagem aos 71 mortos na tragédia.

Os dois times entraram intercalados em campo, e um bandeirão da Colômbia foi levantado. Ao final da partida, fogos de artifício coloriram o céu de Chapecó.

O confronto desta terça-feira foi o primeiro entre os dois clubes desde o acidente. A partida de novembro foi cancelada e a Chapecoense recebeu o título da Sul-Americana a pedido do Atlético Nacional.

A final da Recopa é disputada entre o vencedor da Copa Libertadores - o Atlético Nacional - e o campeão da Copa Sul-Americana. A volta está programada para 10 de maio em Medellín.

Desde a tragédia, a Chapecoense está num processo de reconstrução. Contratou 25 jogadores e começou bem a temporada. O time lidera o campeonato catatinense.