Chapecoense recebe Lanús para manter liderança do Grupo 7

Depois de estrear com vitória na Copa Libertadores da América, na última semana, a Chapecoense volta a campo pela competição continental nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), para enfrentar o Lanús, na Arena Condá. Uma vitória sobre o time argentino seria fundamental para manter a equipe catarinense na liderança do Grupo 7.

Para esta partida, a tendência é que o técnico Vagner Mancini repita a estratégia adotada no triunfo sobre o Zulia e mantenha a escalação com três volantes, armando o meio de campo com Moisés Ribeiro, Andrei Girotto e Luiz Antônio, este último com mais liberdade para avançar ao ataque e construir jogadas.

Em relação ao time da estreia na Libertadores, Mancini deve promover apenas uma alteração, trocando Arthur por Rossi, que nem sequer viajou à Venezuela por estar com varicela. Desta forma, a Chape deverá ir a campo com Artur Moraes; João Pedro, Douglas Grolli, Nathan e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Andrei Girotto e Luiz Antonio; Niltinho, Rossi e Wellington Paulista.

Titular da lateral direita da Chapecoense, João Pedro pediu concentração ao elenco alviverde para o duelo contra o Lanús. De acordo com o camisa 2, a partida tem tudo para ser complicada, uma vez que os argentinos perderam em casa para o Nacional-URU na estreia no torneio.

 

 

“Sempre entramos concentrados pensando que é um jogo difícil. A torcida vai apoiar muito, pelo campeonato que é, a torcida vai entrar, vai incentivar. Vai ser um ambiente legal. Pode ser que jogaram de um jeito no último jogo e contra nós virem diferentes. Temos que entrar concentrados no jogo, porque cada jogo pode acontecer situações diferentes. Sabemos que eles vão usar catimba, o lado deles de jogar”, avaliou.

A vitória é o único resultado que interessa que ao Lanús contra a Chapecoense. O time grená vem de derrota na Libertadores e no Campeonato Argentino e precisa de um triunfo para espantar a má fase que ameaça cercar o clube. Uma nova derrota pode colocar a equipe em situação complicada na competição continental, ainda mais se o Zulia surpreender o Nacional-URU.

Ciente da importância de conquistar os três pontos na Arena Condá, o técnico Jorge Almirón afirmou que o Lanús tem a obrigação de ganhar, porém ressaltou as dificuldades que sua equipe terá ao enfrentar a Chapecoense na condição de visitante. Para este jogo, o treinador tem apenas uma dúvida no meio de campo, entre os volantes Aguirre ou Rojas.

“Temos a obrigação de ganhar e conquistar um bom resultado para não ficarmos em situação complicada no grupo. A Chapecoense tem um time bastante sólido e volta a jogar em casa com toda a carga emocional que isso tem principalmente depois da tragédia que aconteceu com o clube. Terá muita tensão na partida”, declarou.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE-BRA X LANÚS-ARG

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data: 16 de março de 2017, quinta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Enrique Cáceres (PAR)

Assistentes: Não divulgado

CHAPECOENSE: Artur Moraes; João Pedro, Douglas Grolli, Nathan e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Andrei Girotto e Luiz Antonio; Niltinho, Rossi e Wellington Paulista

Técnico: Vagner Mancini

LANÚS: Andrada; Gomez, Herrera, Braghieri, Velazquez; Roman Martinez, Marcone, Aguirre (Matias Rojas); Silva, Acosta e Sand

Técnico: Jorge Almirón