Chapecoense pressiona, mas Hercílio Luz é mais efetivo e Verdão perde a primeira no Catarinense

Futebol Latino
·4 minuto de leitura


Até então com 100% de aproveitamento no Campeonato Catarinense, a Chapecoense recebeu na Arena Condá o Hercílio Luz, uma das equipes mais irregulares até aqui na competição. E com a bola rolando, o time comandado por Umberto Louzer foi superior e teve as melhores oportunidades, principalmente no primeiro tempo. Inclusive o único chute do Leão do Sul na etapa inicial foi em um pênalti que caiu do céu, já que o Hercílio pouco pressionou o Verdão, mas Renato desperdiçou. Na etapa final, Garrety fez o gol da vitória dos visitantes que conseguiram a segunda vitória no torneio.

Com o resultado, o Leão do Sul conseguiu seu segundo êxito consecutivo no Catarinense e sobe três posições onde vira sexto colocado. A Chapecoense, que vinha de quatro vitórias em quatro jogos, viu seu primeiro revés. Porém continua na liderança do estadual com 12 pontos.

PEROTTI E MANCHA ASSUSTAM GOLEIRO DO HERCÍLIO

O jogo teve um ínicio nada empolgador. Apesar das equipes mostrarem disposição, pouco era criado até que Perotti, aos 11 minutos, resolveu acordar o torcedor. Ele limpou a marcação após receber na entrada da área e chutou forte, Rafael Roballo fez boa defesa.

Minutos depois, o susto da vez foi de Mancha. Após uma tentativa frustada de chute, a bola sobrou limpa para o lateral da Chapecoense que pegou de bate-pronto para a bola ir como um foguete. Porém a redonda passou por cima da meta de Rafael, que "tirou" o gol com o olho.

DOMÍNIO TOTAL DA CHAPE

Metade da primeira etapa chegou e a Chapecoense comanda a partida. Além de tentativas de jogadas no ataque, a equipe de Umberto Louzer chegou a ter 63% de posse da bola. O Hercílio Luz, por sua vez, não conseguia reagir sob a forte marcação do Verdão e até então não deu chutes rumo ao gol de Keiller.

PÊÊÊNALTI PARA O HERCÍLIO LUZ

Aos 37 minutos, Levi recebeu lançamento na grande área e com categoria matou no peito e tirou dois da marcação. Na sequência, Ezequiel derrubou o atacante na área e o árbitro assinalou pênalti também aplicando o amarelo no lateral-direito da Chape. Um presente para o Leão do Sul, que ainda não havia chutado ao gol.

Renato Henrique partiu para a cobrança, porém, isolou a penalidade. O camisa 10 pegou forte e embaixo da bola e ela subiu demais frente ao gol de Keiller.

CHAPE VOLTA ASSUSTANDO E HERCÍLIO TEM GOL QUE NÃO VALEU

Os primeiros minutos da etapa final foram de perigo. Aos quatro minutos, Mancha cobrou escanteio e Hiago cabeceou firme, a bola passou perto do gol.

Logo no minuto seguinte, o Leão do Sul marcou um belo gol com PH mandando por cavadinha na saída de Keiller, mas o árbitro apitou assinalando falta do atacante sobre Hiago.

PANORAMA ATÉ A METADE DO SEGUNDO TEMPO

A Chapecoense manteve a intensidade do primeiro tempo sobre o Hercílio, mas o último lance no campo de ataque não saiu como o esperado pelos atacantes, que pecavam nos arremates.

O Hercílio Luz com 13 minutos fez três substituições para tentar mudar o placar, e a equipe de Marcelo Caranhato assustou mais a Chape no segundo tempo do que na etapa inicial.

GOOOOOOOOL DO HERCÍLIO LUZ

Aos 24 minutos, a Chape errou no meio-campo. Renato Henrique tocou para Garraty, que entrou no segundo tempo. O camisa 19 teve tempo de preparar o corpo e deixar a bola no jeito para chutar forte de fora da área e ela entrar no canto direito do goleiro Keiller.

PRESSÃO DA CHAPECOENSE ATÉ O FIM

Após o gol do Hercílio, a Chapecoense teve a chance de marcar logo na sequência. Mas após Roballo afastar a bola aérea, Bruno Silva chutou forte e o goleiro defendeu.

Ezequiel, aos 36 minutos, também arrematou forte no gol, mas a bola acertou a rede pelo lado de fora. Anselmo Ramon, dois minutos depois, teve uma grande oportunidade após cruzamento rasteiro de Anderson Leite, mas o centroavante chutou por cima.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 x 0 HERCÍLIO LUZ - 5ª RODADA DO CATARINENSE
Estádio: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data: 24 de março de 2021, às 19h (de Brasília)
Árbitro: Gunar Welsch (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e André Eduardo da Silveira (SC)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Ezequiel (CHA) / Jhonata
Cartões vermelhos: -

GOLS: Garraty, 24'/2ºT (0-1)

CHAPECOENSE (Técnico: Umberto Louzer)
Keiller; Ezequiel, Hiago, Derlan e Mancha (Fabinho, aos 33'/2ºT); Alan Santos (Anderson Leite, aos 33'/2ºT), Ronei e Rafael Holstein (Mike, no intervalo); Kaio (Anselmo Ramon, no intervalo), Fernandinho (Bruno Silva, aos 27'/2ºT) e Perotti.

HERCÍLIO LUZ (Técnico: Marcelo Caranhato)
Rafael Roballo; Geovane (Carlos Eduardo, aos 41'/1ºT), Negretti, Rodolfo Mol e Rafael Rosa; Eduardo Meurer (Garraty, aos 13'/2ºT), Jhonata e Renato Henrique; Levi, PH (Cesinha, aos 13'/2ºT) e Fabinho (Wellington, aos 5'/2ºT).