Chapecoense inscreve sobreviventes na Libertadores; clube estreia terça

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Sobreviventes da tragédia aérea que vitimou a Chapecoense em 2016, Alan Ruschel e Neto estão entre os inscritos do clube catarinense para a disputa da Libertadores.

Ruschel e Neto têm apresentado recuperação rápida e surpreendente ao departamento médico da Chape, que considera possível que ambos estejam aptos a jogar ainda na fase de grupos do torneio continental.

"Acredito que eles possam ser entregues ao departamento físico logo. A recuperação deles é boa e, se nada acontecer de errado, o prazo pode ser mais curto", afirmou o médico Carlos Mendonça.

Na semana passada, Ruschel e Neto iniciaram exercícios de mobilidade no gramado da Arena Condá. O lateral direito, inclusive, começou a fazer atividades com bola -o que deve acontecer em breve com Neto.

"Cada dia que passa o Neto está mais longe do tratamento cirúrgico. Ele é avaliado todos os dias e está com uma recuperação do joelho fantástica", afirmou Mendonça.

Os dois jogadores se juntam aos outros 28 atletas que irão compor o elenco inscrito para a fase de grupos da Libertadores e que estão à disposição para a estreia no torneio continental, diante do venezuelano Zulia, nesta terça-feira (7), em Maracaibo, na Venezuela.

VIAGEM

Em sua primeira viagem internacional com a equipe principal desde o acidente aéreo em Medellín, a delegação da Chapecoense desembarcou na manhã desta segunda (6) em Maracaibo.

Na chegada, o presidente do clube, Plinio David De Nês Filho, agradeceu ao carinho de quem foi recepcionar a delegação no aeroporto venezuelano. Houve palmas no momento do desembarque.

"Saudamos a todos de Maracaibo, esta é a nossa primeira viagem [inter desde a grande tragédia que sofremos em Medellín e nos sentimos contentes de poder retornar a nossas atividades normais, que são a prática do futebol. Aqui estamos com muita satisfação e alegria, recebendo todo este calor humano", afirmou.

O atacante Tulio de Melo, por sua vez, destacou que a Chapecoense inicia a disputa da Copa Libertadores com o objetivo de ser competitiva, apesar do processo de reconstrução.

"Temos muitas ambições. Vamos tratar de chegar o mais longe possível nesta Copa Libertadores", afirmou.

A viagem começou na noite de sábado, quando a delegação da Chapecoense embarcou em avião fretado de Chapecó para São Paulo. Depois, um voo comercial, com conexão no Panamá, levou o time até Maracaibo.

Chapecoense e Zulia se enfrentam às 21h45 (de Brasília) de terça-feira, no Estádio José "Pachencho" Romero. Sobreviventes do acidente que matou 71 pessoas em novembro de 2016, o zagueiro Neto e o lateral Alan Ruschel foram inscritos no torneio.