Chape vence o clássico contra o Figueirense e dispara na liderança do Catarinense

Futebol Latino
·3 minuto de leitura


Em situações opostas no Campeonato Catarinense, Figueirense e Chapecoense fizeram o clássico da 6ª rodada, no estádio Orlando Scarpelli. Saindo na frente, a equipe visitante acabou vendo o rival empatar no início da segunda etapa, porém, Anselmo Ramon, que havia entrado no intervalo, decretou a vitória do Verdão ao marcar dois gols no fim fechando o jogo em 3 a 1.

Com o resultado, a equipe de Umberto Louzer chegou aos 15 pontos, mantendo-se na primeira colocação. Já a equipe de Jorginho, com o tropeço em casa, estacionou na 10ª posição com seus 5 pontos, e poderá entrar na zona de rebaixamento em caso de vitória do Criciúma na rodada.

INÍCIO DE JOGO MOVIMENTADO

Com o Figueirense sendo mandante na partida, o foco da equipe foi pressionar a Chapecoense desde o começo. Entretanto, o único lance de perigo contra o gol de Keiller foi logo no primeiro minuto, Fabrício Bigode, mas a bola acabou saindo.

Na sequência, a Chape reverteu a situação. Aparecendo mais em seu campo de ataque, Fabinho resolveu testar o goleiro Emerson Júnior que, por sua vez, acabou fazendo a defesa, porém tendo mais duas outras boa chances novamente com Fabinho e, anteriormente, com Ravanelli, novamente exigindo muito do camisa 1.

FURACÃO TENTA, MAS CHAPE ABRE O PLACAR

Com o jogo aberto, a equipe de Jorginho seguia buscando espaço em campo visando encontrar seu gol. Entretanto, quem conseguiu marcar primeiro foram os comandados de Umberto Louzer, aos 35, com Busanello, aproveitando o passe de Mike, conseguindo invadir a área e dar um toque por cima do goleiro. 1 a 0.

FIGUEIRENSE IGUALA O JOGO

Com ambos os times voltando para a segunda etapa, apenas o treinador da Chape optou por uma troca ao tirar Perotti e colocar em seu lugar Anselmo Ramon. Entretanto, quem conseguiu marcar foi o adversário. Aos 9 minutos, após um lance confuso com a bola batendo na coxa e depois no braço de Kadu, fez com que os mandantes conseguissem marcar o seu tento, porém a arbitragem acabou marcando um pênalti no lance.

Na cobrança, Marllon, de forma segura, bateu na bochecha da rede, com Keiller pulando no canto certo, mas sem sucesso na defesa. 1 a 1.

ANSELMO RAMON GARANTE A VITÓRIA DA CHAPE

Com muitas mudanças acontecendo após o tento de igualdade do Figueira, os técnicos buscavam alternativas para encontrar a vitória. E que se deu melhor foi o Verdão.

Aos 40 minutos, aproveitando cruzamento de Fernandinho, Anselmo Ramon, sem marcação, mandou de cabeça sem chances para Emerson, fazendo 2 a 1. E tinha mais. Aos 49 minutos, já nos acréscimos dados pelo árbitro, Anselmo voltou a marcar pegando a sobra no lance, fechando o jogo em a 3 a 1.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE x CHAPECOENSE - 6ª RODADA DO CAMPEONATO CATARINENSE
​Estádio: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 28 de março de 2021, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Augusto Silveira Tisne
Assistentes: Alexandre de Medeiros Lodetti e Maicon Lemos Alves
Cartões amarelos: Blaise (FIG); Rvanelli, Perotti e Mike (CHA)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Busanello, 35'/1ºT (1-0); Marllon, 9'/2ºT (1-1); Anselmo Ramon, 40'/2ºT (2-1); Anselmo Ramon, 49'/2ºT (3-1).

FIGUEIRENSE (Técnico: Jorginho)
Emerson Júnior; Everton Santos, Felipe Gregório, Paulo Ricardo e Renan Luis; Khevin, Fabrício e Marllon; Lincon, Denner (Carlinhos, aos 13'/1ºT) e Breno (Blaise, aos 20'/2ºT).

CHAPECOENSE (Técnico: Umberto Louzer)
Keiller; Matheus, Kadu, Tiago e Busanello; Anderson Leite, Moisés e Ravanelli; Fabinho (Fernandinho, aos 21/2ºT), Mike (Bruno Silva, aos 21'/2ºT) e Perotti (Anselmo Ramon, no intervalo).