Chape prepara recepção com show e 'cápsula do tempo' ao Atlético Nacional

DANIEL FASOLIN

CHAPECÓ, SC (UOL/FOLHAPRESS) - A Chapecoense e a cidade de Chapecó estão preparando uma grande recepção para o Atlético Nacional na próxima segunda-feira (3). O clube colombiano de Medellín estará no Brasil para a disputa da Recopa Sul-Americana na terça-feira (4) e será recepcionado de coração aberto.

O clube catarinense está planejando ações para retribuir todo o carinho prestado pelo adversário após a tragédia área em Medellín em novembro do ano passado, que matou 71 pessoas, incluindo 19 jogadores da Chapecoense e parte da comissão técnica.

O clube, através do seu departamento de marketing, estabeleceu uma parceria com a Histórias Incríveis Entretenimento, responsável por grandes eventos no Brasil -casos do Natal Luz em Gramado (RS) e o acendimento da Pira Olímpica na Rio-2016.

Com apoio da Prefeitura Municipal de Chapecó e de seu patrocinador-máster, o clube promete um espetáculo, que contará com seis eventos no mesmo dia. Todos baseados em uma só palavra: gratidão.

No dia do jogo, na praça central de Chapecó, ocorrerá uma fan fest desde as primeiras horas do dia. Seguindo a programação, os torcedores se deslocarão a pé ate a Arena Condá para dar um abraço simbólico ao estádio. Ainda antes da partida ocorrerá o "Show de Agradecimento", com lembranças da história da Chapecoense e um agradecimento ao Atlético Nacional e à cidade de Medellín.

Por fim, a Chapecoense apresentará a Cápsula do Tempo, um monumento em formato de mãos entrelaçadas que receberá cartas dos torcedores de ambos os clubes. A cápsula será enviada para Medellín para a partida de volta da Recopa, dia 10 de maio e voltará para Chapecó para ser instalada no Parque Medellín que será construído no município.

As duas equipes iriam se enfrentar pela final da Copa Sul-Americana de 2016. Os jogos não aconteceram por conta do desastre aéreo com o avião da equipe brasileira próximo ao aeroporto de Medellín e o time brasileiro foi declarado campeão do torneio, atendendo um pedido do Atlético Nacional junto à Conmebol.