Chamusca, técnico do Botafogo, defende Babi: 'Tem sido um atleta exemplar dentro da minha gestão'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Autor do gol de empate do Botafogo contra o Madureira, Matheus Babi foi um dos assuntos da entrevista coletiva do técnico Marcelo Chamusca. Apesar do Serra Macaense já ter recebido propostas de Athletico Paranense e Fluminense pelo atacante, o treinador revelou que a diretoria lhe informou que "não há nenhuma negociação oficial, de ele ter sido negociado com outro clube".

+ Sócio de empresa que ajudou na contratação de CEO elogia Botafogo

- Eu tenho acompanhado tudo que tem acontecido em relação ao Babi, essa questão do entorno, foi passado para mim, pela diretoria do clube, é de que não há nenhuma negociação oficial em que o jogador já tenha sido negociado com outro clube e daí a gente não pode utilizar o Babi.

Na última terça-feira, o presidente do Botafogo, Durcesio Mello, revelou que Matheus Babi está "muito desmotivado". No entanto, Chamusca destacou que o camisa 11 do Alvinegro tem sido um atleta exemplar.

- O jogador tem sido um atleta exemplar dentro da minha gestão, chega todos os dias no horário, é um dos primeiros jogadores sempre no treinamento, tem se empenhado muito. Estava, inclusive, ansioso para voltar a fazer gols. O espírito e número de bolas que o Babi recuperou no jogo hoje foi incrível, ajudou demais o time na fase defensiva e foi importante ao fazer o gol do empate.

Chamusca também disse que, caso a diretoria lhe informe que ele não pode mais contar com atleta, o Botafogo conta com duas possibilidades para a posição: Rafael Navarro e Matheus Nascimento. O treinador falou sobre os dois jogadores e destacou que ambos têm potencial.

- O Navarro, nesse momento, tem tido um pouco mais de oportunidade, tem entrado bem nos jogos, participou do gol, no jogo de domingo, fez a assistência do segundo gol. O Nascimento teve algumas oportunidades, e agora a gente está dando oportunidades ao Navarro. É assim a construção, eu tenho certeza que todos os dois tem potencial.

- As substituições e as escolhas são todas muito alinhas, com muita coerência e análise permanente. No próximo jogo, a gente pode optar por uma escalação de um outro atleta, pode inclusive utilizar o (Matheus) Nascimento , utilizar outros jogaodres, essa é a função do treinador: buscar esse melhor encaixe.