Chamusca, sobre vitória do Botafogo: 'É importante colocar três pontos em um dia que você não se sobrepôs'

·2 minuto de leitura


Os três pontos acima de tudo. Em entrevista coletiva após o triunfo por 2 a 0 sobre o Vitória nesta quarta-feira, em Volta Redonda, pela 8ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Marcelo Chamusca destacou que um dos pontos importantes da competição é a regularidade para buscar resultados positivos mesmo diante de atuações irregulares.


- A regularidade na competição é importante. Quando ubi com o Ceará tivemos vários jogos que não tivemos o controle mas vencemos. É importante, colocar os três pontos em um dia que você não se sobrepôs. O Vitória veio para jogar no nosso erro, construiu um contra-ataque no segundo tempo, nosso goleiro trabalhou muito pouco. Se nos jogos que a gente não conseguir nos sobrepor, conseguir os três pontos com a inspiração, está ótimo. Nossa meta não foi vazada, tivemos mais iniciativa e conseguimos vencer - afirmou.

Chamusca, que possui dois acessos da Série B para a elite nacional no currículo, destacou que a transpiração e estes momentos de um jogo mais físico são características da competição. O treinador colocou que o mais importante, não importa como, é sair com três pontos.

- A Série B sempre teve a característica de ter muita transpiração, está muito atrelada a questões de campo, logísticas, poder de investimento, calendário. É importante competir no nível que a competição pede. O time que estiver mais organizado, mais elenco para rodar, porque a competição pede isso, o time chegará melhor. A Série B sempre foi muito nivelada e pede transpiração, espírito e entrega. É muito importante - analisou.

Dentro de campo, o treinador admitiu que o Botafogo teve dificuldades para criar jogadas no primeiro tempo. Ele explicou que uma mudança de posicionamento nos jogadores fez a diferença para uma melhora na etapa complementar.

- A gente teve dificuldade de fazer a leitura que o adversário nos proporcionou. Nós subíamos nosso bloco e o Vitória não saía a bola com os zagueiros, eles jogavam a bola no Dinei, mas nós tínhamos dificuldade para ganhar a segunda bola. Pedimos para os volantes se compactarem da linha de quatro e o Chay trabalhar mais próximo dos volantes, a gente passou a ter mais controle do jogo no segundo tempo. O time circulou mais a bola nos corredores - colocou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos