Chamusca fala sobre estreia de Chay no Botafogo e elogia o atacante

·1 minuto de leitura


Na noite desta sexta-feira, o Botafogo empatou com o Vila Nova por 1 a 1, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em partida válida pela primeira rodada da Série B. O jogo marcou não só a estreia do Alvinegro na competição, como também a de Chay com a camisa do time da Estrela Solitária. Na entrevista coletiva, o técnico Chamusca analisou a estreia do atacante e o elogiou.

> Vai começar o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- Eu gostei da estreia do atleta, ele teve pouco tempo de adaptação ao modelo e ideia de jogo, mas ele já exercia na Portuguesa uma função muito parecida com que Marco Antônio vem fazendo.

- Ele também tem uma característica de jogar como 10, de jogar por dentro. Ele, inclusive, se sente melhor quando recebe a bola ali no entre linhas, por trás dos volantes adversários. Ele tem essa capacidade de giro, finalização, de achar um passe para o companheiro. Foi o que acabou acontecendo no gol.

Na partida, pode se ver Chay e Marco Antônio revezando nas posições: enquanto um estava centralizado, o outro ia para ponta e vice-versa. Chamusca revelou que isso foi um pedido e que o atacante, que chegou por empréstimo da Portuguesa-RJ até o fim do ano, pode realizar essas duas funções.

- A gente colocou ele um pouco mais pela esquerda e pediu para que houvesse uma troca constante entre ele e Marco Antônio, já que os dois conseguem fazer as duas funções, jogar pelo corredor, fazendo uma mecânica de receber um pouco mais por dentro.

- Eu gostei da estreia do Chay. Ele pode ser usado por dentro, mais centralizado e pode vir também como extremo, um pouco mais para a esquerda para fazer um jogo ali de entre linhas, porque ele tem uma boa mecânica dentro desse posicionamento.