Chamusca enaltece funcionários do Botafogo após semana com trocas de sedes: 'Heróis invisíveis'

·1 minuto de leitura


O Botafogo passou por uma semana conturbada nos bastidores. Com o Estádio Nilton Santos entregue para a realização da Copa América, o time do Alvinegro passou a treinar no CT da Saferj na quarta e na quinta-feira. A equipe também realizou atividades no Clube da Aeronáutica nos últimos dois dias.

Marcelo Chamusca, em entrevista coletiva realizada neste domingo após o jogo contra o Remo, pela 3ª rodada da Série B, enalteceu a organização interna do Botafogo, principalmente aos funcionários, que tiveram que carregar e levar os itens dos jogadores para dois lugares diferentes durante a semana.

– O que eu gostaria de ressaltar sobre o CT da Saferj e o Clube da Aeronáutica, é sobre uma boa parte dos funcionários do Botafogo, eu até os chamo de heróis invisíveis, eles são fundamentais. O que esses caras trabalharam essa semana para que a gente pudesse levar tudo para dois lugares diferentes foi sensacional. Pessoal de rouparia, massagistas, apoio, fisioterapeutas, Departamento médico, análise, nutrição, não é fácil fazer isso. O resultado já começou a ser construído aí. Conversei com eles para a gente transformar as dificuldades em motivação - afirmou.

Parte dessa semana, porém, deve ser longe do Rio de Janeiro: o Botafogo enfrentará o Londrina na próxima quinta-feira, às 19h, no Estádio do Café.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos