Chamusca admite necessidade de evolução no ataque do Botafogo: 'Ter mais ambição, ser mais assertivo'

·2 minuto de leitura


Na tarde deste sábado, o Botafogo perdeu o título da Taça Rio para o Vasco nos pênaltis, em São Januário. A equipe venceu no tempo regulamentar por 1 a 0, mas, nas penalidades, foi superada pelo Gigante da Colina. Após o fim da partida, em entrevista coletiva, o técnico Marcelo Chamusca analisou o duelo e o desempenho do Glorioso nas últimas partidas. Ele elogiou a consistência defensiva da equipe, mas admitiu a necessidade de melhora no ataque.

> Nova camisa lançada! Relembre os últimos uniformes II do Botafogo

- Acho que a equipe ganhou uma consistência defensiva, por exemplo, nos últimos quatro jogos, nós tomamos apenas um gol. A nossa estatística de gols sofridos é muito baixa. Hoje, inclusive, as melhores oportunidades que o Vasco teve foram de chutes de fora da área.

- Então, isso é uma situação que me agrada muito, mas a gente precisa evoluir no aspecto ofensivo. Ter mais ambição, ser mais assertivo, ter uma última bola mais qualificada, porque a gente tem um time equilibrado, que consegue construir e que consegue transitar, então, só o que a gente precisa é evoluir.

Marcelo Chamusca também afirmou que o Botafogo cresceu muito nas últimas semanas. De acordo com o treinador, diferentemente do jogo de ida, o Alvinegro foi melhor e teve construiu chances para sair com o título ainda no tempo regulamentar.

- Eu saio da competição com um entendimento de que a gente cresceu muito nessas últimas semanas, inclusive, no primeiro jogo, onde nós cometemos alguns equívocos, principalmente, porque o adversário nos pressionou muito na saída. Hoje, a gente já melhorou, voltou a apresentar um alto índice de recuperação de bola no campo do adversário, que é uma situação que temos trabalhado bastante.

- Hoje, a gente conseguiu finalizar mais do que o adversário, ser mais assertivo nas finalizações e poderíamos, no final do jogo, ter feito o segundo gol e definido com 2 a 0 – 2 a 1 no agregado – o nosso título, mas isso faz parte do futebol, vamos otimizar durante a semana para que a gente possa melhorar mais ainda. Então, não só o comportamento ofensivo, mas também a construção das nossas jogadas.

Agora, o Botafogo volta as atenções para o Brasileirão Série B. O Alvinegro viaja até Goiânia, onde enfrenta o Vila Nova, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, às 21h30, na próxima sexta-feira, em partida válida pela primeira rodada da competição.

- É uma equipe (o Vila Nova) que vem bem, inclusive, está na final do Campeonato Goiano. Eu conheço bem os jogadores, são jogadores muito experimentados na Série B, e a gente já começou até a estudar mais um pouquinho o adversário, porque a gente acredita e sabe das dificuldades que a gente vai enfrentar.

- Manter a nossa boa consistência defensiva, o Botafogo, hoje, é um time que toma poucos gols, mas melhorar nossa fase ofensiva que vai ser muito importante para uma competição tão difícil como é a Série B.