Chael Sonnen afirma que Ronda Rousey nunca foi a melhor lutadora do mundo

Indiscutivelmente uma das principais responsáveis pelo crescimento e popularização do MMA feminino, Ronda Rousey não tem sua importância negada por qualquer pessoa ligada ao ambiente do esporte. Porém, suas habilidades como lutadora foram questionadas recentemente pelo ex-lutador do UFC Chael Sonnen, conhecido por suas declarações polêmicas.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em participação no programa ‘Ariel and The Bad Guy’, da emissora americana ‘ESPN’, Sonnen revelou que nunca considerou Ronda como a melhor lutadora do mundo. De acordo com ele, a ex-judoca, medalhista de bronze na Olimpíada de Pequim, em 2008, apenas se beneficiou de estar no lugar certo na hora certa para conquistar sua popularidade. Rousey foi a principal responsável pelo interesse do UFC em investir no MMA feminino, sendo a primeira atleta mulher a ser contratada pela entidade, em 2012, após se destacar no Strikeforce, onde foi campeã peso-galo (61 kg).

Leia tudo sobre MMA e lutas no Yahoo Esportes

A lutadora chegou ao Ultimate já com status de estrela da companhia e foi coroada pela organização como a primeira campeã peso-galo da história. Durante mais de dois anos, Rousey manteve seu título, com atuações dominantes sobre as desafiantes, que faziam sua popularidade crescer exponencialmente. Seu reinado durou até novembro de 2015, quando foi nocauteada com um chute alto por Holly Holm. Um ano depois, Ronda foi novamente superada via nocaute, dessa vez contra Amanda Nunes, ao tentar recuperar o cinturão da categoria. Este foi o último combate da americana, que passou a se dedicar à carreira de atriz e, posteriormente, ao pro wrestling.

“Eu admito que nunca pensei que Ronda era a melhor lutadora do mundo. A divisão estava apenas se formando e ela estava no lugar certo na hora certa. Isso soa como um insulto, mas é como eu vejo isso”, declarou Chael Sonnen.

Apesar da polêmica declaração, Sonnen também teve palavras elogiosas para Rousey. De acordo com ele, a ex-campeã do UFC soube a hora certa de parar e dar oportunidade para que outras atletas conquistassem seu espaço no esporte e na mídia.

“Eu acho que ela merece um elogio. Quando ela pegou sua bola e foi para casa, como você colocou, eu acho que isso deixou uma mensagem. Acho que essa decisão parece como um bom vinho e ficou melhor com o tempo, quando você se cansar desse esporte, saia dele. Seja para abrir um espaço no plantel, ou no caso dela, o lugar dela em lutas pelo título e main events, dando a oportunidade para outra pessoa, ou apenas para a sanidade e saúde física dela. Se não é mais o que você quer fazer, saia do caminho”, concluiu Sonnen.

Em sua carreira no MMA profissional, Ronda Rousey acumulou 12 vitórias e apenas duas derrotas. Nos últimos anos, a ex-campeã do Ultimate tem se dedicado à carreira de atriz, além de se apresentar na WWE, entidade de pro wrestling americana. Ela foi eleita para o Hall da Fama do UFC em julho de 2018.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também