Cesinha rescinde com o Internacional e Botafogo tem 'sinal verde' para contratar meia

Sergio Santana
·1 minuto de leitura


O Botafogo tem caminho livre para contratar mais um jogador. Cesinha, que já tinha acordo encaminhado para defender o Alvinegro, rescindiu o contrato de empréstimo com o Internacional, clube que defendia desde 2017, e deve ser repassado ao time carioca. O atleta pertence ao Três Passos Atlético Clube, do Rio Grande do Sul.

Botafogo e TAC tinham um acordo que Cesinha defenderia as cores do Alvinegro desde o mês passado. O Internacional, contudo, não queria liberar o meio-campista antes de dezembro, data inicial do empréstimo. A pressão dos empresários da equipe gaúcha surtiram efeito e ele está quebrando o vínculo com o Colorado.

Cesinha chegará ao Botafogo por empréstimo até o final de 2021 com um valor de compra fixado ao fim do período. O TAC é parceiro do Alvinegro - Luís Henrique, maior venda da história do clube de General Severiano, por exemplo, pertencia ao clube gaúcho.

Inicialmente, Cesinha será aproveitado na equipe sub-20, mas o Botafogo corre contra o tempo para inscreve-lo no Campeonato Brasileiro e, caso apareça a necessidade, utilizá-lo no time principal. O contrato está por detalhes de ser assinado e o meio-campista, consequentemente, de ser anunciado como reforço.

O jogador de 20 anos foi capitão e um dos destaques do Internacional na conquista da última Copa São Paulo de Futebol Júnior. Apesar do sucesso, não teve espaço com Eduardo Coudet entre os profissionais durante a temporada.