Cerveja com rótulo “Ku Klux Klan” recebe críticas na internet

Yahoo Finanças
O rótulo da cerveja Yellow Belly
O rótulo da cerveja Yellow Belly

Uma cerveja com um rótulo que imita os trajes do grupo racista americano Ku Klux Klan vem recebendo uma onda de críticas na internet, depois de ter sido servida a um homem negro nos Estados Unidos, e ter viralizado. A cerveja em questão é a “Yellow Belly”, ou “barriga amarela”, na tradução livre do inglês, produzida pela cervejaria sueca Omnipollo. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Atualmente, segundo a empresa, o rótulo deixou de ser produzido, por conta de disputas judiciais envolvendo o nome da marca, mas a polêmica continua. Isso por conta do design da garrafa, que vem embrulhada em um papel branco com um topo pontudo, como os trajes dos integrantes da Ku Klux Klan, famoso grupo racista norte-americano que comete assassinatos e outros tipos de violências contra a população negra. Há dois buracos, como olhos, também, no rótulo. 

 Leia também

A ideia, segundo a Omnipollo, é que a Yellow Belly fosse um símbolo antirracista. No próprio rótulo, a empresa escreve: “Para nós, uma das coisas mais covardes é agir anonimamente, por trás de um grupo. Um traço significante do racismo institucionalizado. Essa cerveja é produzida para celebrar tudo que é novo, mente aberta e progressista.”

Mas a tática parece ter saído pela culatra. Pelo menos um homem negro nos Estados Unidos, a quem foi servida a cerveja sem aviso sobre o seu rótulo, se revoltou com o design, que para um desavisado, parece mais com uma homenagem ao grupo racista KKK do que um ataque. 

O CEO e cofundador da Omnipollo, Henok Fentie, que se declara homem negro, publicou uma mensagem no Instagram sobre a polêmica. “Nós queremos usar nossa obra para falar sobre coisas que importam para nós. Como uma cervejaria propriedade de um homem negro, no caso da Yellow Belly, ela foi criada para demonstrar uma profunda preocupação sobre o racismo na Europa, nos Estados Unidos e além.”

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.


Leia também