CEO do Cruzeiro não descarta possibilidade de ter estádio em Betim

Na imagem, Gabriel Lima, CEO da Raposa, ao lado de Ronaldo Fenômeno - (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)


Após anunciar o rompimento com o Mineirão por esta temporada, o CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima não descartou a possibilidade da construção de um estádio em Betim. A pauta ganhou força depois das discordâncias entre a diretoria celeste e a Minas Arena, concessionária que administra o Gigante da Pampulha.

- A gente conversou com o Vittorio Medioli (prefeito de Betim) e com os secretários deles. Fomos até lá, vimos os projetos, tudo que eles tinham para falar. A possibilidade ainda existe, apesar de a gente não falar sobre isso há algum tempo - disse o dirigente celeste, em entrevista ao canal do jornalista Samuel Venâncio.

+ Novidade no ar! Acompanhe as últimas negociações da Raposa no mercado da bola

Em seguida, Gabriel Lima revelou que ainda acredita na possibilidade do retorno ao Mineirão em 2023. Segundo ele, é necessário apenas que Cruzeiro e Minas Arena entrem em um acordo que seja vantajoso para ambas as partes.

- Eu acredito numa solução para o Mineirão. É isso que eu espero. Eu acredito que somos todos adultos e inteligentes suficientes para chegar numa equação que seja boa para todo mundo. Nós só temos que deixar os egos e os interesses de lado para isso acontecer - complementou.

Com o rompimento do Mineirão, em 2023, o Cruzeiro mandará seus jogos na Arena Independência, em Belo Horizonte. O estádio, inclusive, será palco da partida contra o Athletic, no próximo sábado, pelo Campeonato Mineiro.