Ceni deve tirar zagueiro e meia para ter Thomaz e Edimar no Paulista

Com o São Paulo classificado em primeiro lugar do Grupo B do Campeonato Paulista, o técnico Rogério Ceni começa a planejar a equipe que enfrentará o Linense nas quartas de final. Com a possibilidade de fazer até quatro trocas, o comandante precisa decidir até esta sexta-feira quem sairá da lista de 28 inscritos no torneio para as entradas dos recém-contratados Edimar e Thomaz Santos.

A tendência é que o setor defensivo sofre ao menos uma perda para a sequência do Estadual. Isso porque o elenco tricolor conta com seis zagueiros: Rodrigo Caio, Maicon, Lugano, Douglas, Breno e Lucão. Os dois últimos são os mais cotados a serem substituídos, já que são os menos utilizados pelo treinador.

No entanto, Ceni ainda vai esperar uma resposta sobre o peruano Cueva, que deixou a partida contra o Uruguai, na última terça-feira, pelas Eliminatórias, com dores na coxa esquerda. Um exame mais detalhado, nesta quinta, será realizado assim que o camisa 10 chegar a São Paulo para revelar o grau de gravidade da lesão.

Machucado no mesmo local, Lucas Fernandes é um nome mais forte a ser trocado. Já o lateral direito Bruno, com um entrose no tornozelo direito, deve ter um tempo de recuperação mais curto que os demais e corre poucos riscos de ser cortado do Paulistão.

“Vou ver com calma até sexta, depois no fim de semana tem os 30 para a Sul-Americana. Vamos falar com a comissão técnica e com o departamento médico. Tenho muitos zagueiros e tenho que ver os lesionados, Bruno e Lucas Fernandes, o exame do Cueva. Tenho que analisar tudo”, avisou Ceni, em entrevista coletiva, após a vitória do Tricolor por 1 a 0 sobre o São Bernardo, na última quarta-feira.

“Se alguém perder quatro jogos, não dá, assim como Lyanco perdeu mais da metade e não seria justo. Contratei um lateral esquerdo para tê-lo. E um meia porque precisava. Então vou inscrever. No lugar de quem vamos ver com calma, vendo exames e falando com os médicos sobre quem demora mais para voltar. Na sexta vocês saberão os 28 e os 30 da Sul-Americana”, concluiu.

Com o triunfo sobre o São Bernardo, o Tricolor terminou a primeira fase como líder do Grupo B, com 20 pontos, três a mais que o segundo colocado Linense, que perdeu por 3 a 1 para o Corinthians, em Itaquera. Assim, o São Paulo terá o mando de campo no jogo de volta das quartas de final.

Datas e horários dos duelos entre São Paulo e Linense serão definidos na manhã desta quinta-feira, em reunião realizada na sede da Federação Paulista de Futebol. Sabe-se, porém, que as partidas ocorrerão nos próximos dois finais de semana.