Ceni deixa o Flamengo com um aproveitamento inferior ao de Dome

·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Nem mesmo o atual bicampeão brasileiro está livre da tradicional dança dos técnicos no Brasil. Neste sábado, o Flamengo anunciou a saída de Rogério Ceni, que vinha comandando a equipe desde novembro do ano passado. Pelo clube, o treinador conquistou o Brasileiro, o Carioca e a Supercopa do Brasil.

Ceni deixa a Gávea com um aproveitamento inferior ao de seu antecessor, o espanhol Domènec Torrent. Em 45 jogos sob a batuta de Rogério, o Rubro-Negro Carioca obteve 23 vitórias, 11 empates e 11 derrotas, conquistando 59,3% dos pontos disputados. Dome, por sua vez, dirigiu o time em 26 partidas, vencendo 15, empatando cinco e perdendo seis vezes, ganhando 64,1% dos pontos.

ROGÉRIO CENI NO FLAMENGO

45 jogos
23 vitórias
11 empates
11 derrotas
59,3% de aproveitamento
86 gols marcados (1,91 g/j)
55 gols sofridos (1,22 g/j)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos