Ceni avisa que São Paulo não mudará estilo para enfrentar o Corinthians

O São Paulo não abdicará de seu estilo ofensivo no clássico contra o Corinthians, neste domingo, às 19 horas (de Brasília), no Morumbi, pelas semifinais do Campeonato Paulista. Quem garante é o técnico Rogério Ceni, em entrevista coletiva concedida após a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, na última quinta, em casa, pela Copa do Brasil.

“Nós vamos jogar do mesmo jeito, para vencer, tentar ter a posse de bola, atacar e buscar o gol. Esse é meu jeito de jogar”, ressaltou o treinador, refutando armar uma equipe mais cautelosa diante de seu maior rival.

“A não ser que alguém prefira dar a bola para o Corinthians e espere atacar. Eu não vejo assim. O modo do futebol para mim é o mesmo, quero a posse de bola e ficar no campo do adversário, esses são meus objetivos”, reiterou.

Após o surpreendente revés para o time mineiro, Ceni admitiu que o Tricolor sentiu a ausência do lesionado Cueva. Em recuperação de um estiramento na coxa esquerda, o peruano voltou a correr no campo nesta semana, mas ainda é dúvida para o Majestoso de domingo.

“Dependo do departamento médico, ele começou trabalho em campo, mas não posso assegurar que ele vai jogar domingo e não posso correr riscos. Dependo da análise clínica para dar uma segurança maior para que ele não volte a sentir a lesão”, esclareceu.

Para manter vivo o sonho do título inédito da Copa do Brasil, o São Paulo precisa derrotar o Cruzeiro por 3 a 0 no jogo de volta, na próxima quarta-feira, às 19h30, no Mineirão. Caso devolva o placar do Morumbi, a vaga será definida nos pênaltis.

Antes, porém, Ceni quer que sua equipe “vire a chave” na tentativa de ter um começo melhor no mata-mata estadual. “Tem que saber separar os campeonatos. Domingo começa semifinal do Paulista, tudo do zero. O primeiro jogo é aqui, temos que esquecer momentaneamente essa derrota para o Cruzeiro”, concluiu.