Celta de Vigo explica falha na negociação por Cervi: 'Benfica mudou de opinião'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Na última quarta-feira, Felipe Miñambres, o diretor esportivo do Celta de Vigo, falou sobre as negociações do clube na janela de transferências. O negócio do time com o Benfica pelo atacante Franco Cervi foi um dos temas abordados. De acordo com Miñambres, o jogador foi bem no mês de janeiro e, por isso, os lusitanos mudaram de ideia.

- Há ocasiões em que se pretende um jogador e não o conseguimos. As circunstâncias mudaram durante o mês; ele não contava, começou a jogar, jogou bem e isso complicou tudo. A equipa técnica do Benfica mudou de opinião. Tentámos até ao último minuto, mas não conseguimos. Tínhamos a certeza que era o Cervi quem queríamos.

Miñambres também falou sobre a contratação de Facundo Ferreyra e destacou que ele não foi um plano B do Celta.

- É uma situação que nada tem a ver com a de Cervi. Estava feito antes, não havia relação direta. Precisávamos de mais um atacante.