Celta quer seguir fazendo história contra Manchester United

O técnico do Manchester United, José Mourinho, em Manchester, em 16 de março de 2017

O Celta vai encarar o gigante Manchester United, nesta quinta-feira, pelo jogo de ida das semifinais da Liga Europa, em busca da primeira final no torneio continental em sua história.

"Eles estão com a pressão e nós estamos realizando um sonho. Vamos fazer de tudo para passar", afirmou o goleiro do Celta, Sergio Álvarez, que considera os comandados do português José Mourinho favoritos.

Os galegos, que já deram passo histórico ao chegar nas semifinais do torneio, querem terminar a partida sem sofrer gols, o que poderia complicar a partida de volta na Inglaterra.

"Não iria à Manchester com nenhum dos últimos três resultados que conseguimos em Vigo nas últimas eliminatórias", revelou o o zagueiro Jonathan Castro 'Jonny'.

Nas oitavas e quartas de final, o Celta venceu o Krasnodar (2-1) e Genk (3-2), e precisou definir a classificação na volta.

- "Não sofrer gols é fundamental" -

"Para mim, é fundamental não sofrer gols porque se eles fazem vai complicar a classificação para a final", falou Jonny.

A possibilidade de avançar nas semifinais enche de esperanças a cidade de Vigo, que está vestida com faixas motivacionais para o time. A Liga Europa se transformou em prioridade para a temporada.

O clube está na 11ª da Liga, longe das zonas de classificação para as competições europeias, e o sonho de levantar o primeiro título continental da história também garantiria a vaga para disputar a Liga dos Campeões no ano que vem.

O técnico Eduardo "Toto" Berizzo vai ter todos os jogadores à disposição, com exceção do italiano Giuseppe Rossi, que operou o joelho esquerdo. O argentino deve entrar ofensivo contra um United que vai à Espanha recheado de desfalques, entre eles o sueco Zlatan Ibrahimovic, recém operado no joelho direito.

Por outro lado, Mourinho garantiu que vai para campo com o francês Paul Pogba, que desfalcou o time nos último três jogos por lesão, e com o belga Marouane Fellaini, que vai voltar a jogar depois de cumprir suspensão na Premier League.

- Por vaga na Champions -

Enquanto isso, o português tem a volta de jogadores de meio, mas vai precisar buscar soluções para a zaga, já que Phil Jones, Chris Smalling e Marcos Rojo estão machucados, assim como Luke Shaw e Eric Bailly.

Com apenas um zagueiro disponível, Mourinho vai precisar recorrer ao lateral direito Matteo Darmian, ao meia Michael Carrick ou ao jovem Axel Tuanzebe para completar a defesa.

"É a única competição que o Manchester United não venceu nunca e seria bom fechar o círculo e dizer que ganhamos tudo como um clube. Sei que os jogadores que eu escolher vão dar ao máximo", garantiu o treinador dos Diabos Vermelhos.

O Manchester busca a classificação para a final da Liga Europa, que continua sendo o caminho mais curto para garantir a vaga para a Champions do próximo ano.

"Seria importante para nós jogarmos a próxima Liga dos Campeões. Mas o Celta está aqui. Graças a posição que eles estão na Liga, só pensam na Liga Europa. Pouparam jogadores para estar no máximo e vai ser um jogo difícil para nós", afirmou Mourinho.

Prováveis escalações:

Celta de Vigo: Sergio Álvarez - Hugo Mallo, Cabral, Fontás, Jonny - Radoja, Pablo Hernández - Aspas, Wass, Sisto - Guidetti.

Técnico: Eduardo Berizzo (ARG)

Manchester United: Romero - Valencia, Bailly, Blind, Darmian - Carrick, Herrera, Fellaini - Mkhitaryan, Rashford, Martial.

Técnico: José Mourinho (POR)

Árbitro: Sergei Karasev (Rússia)