Cebolinha cita Grêmio ao ser perguntado sobre sua situação no Benfica

·1 minuto de leitura

O atacante Everton Cebolinha concedeu uma entrevista ao “BPlay” neste domingo, 30. Em bate-papo, o camisa 7 do Benfica falou sobre a realização de atuar no “maior clube de Portugal” e lembrou de sua passagem pelo Grêmio. O brasileiro de 25 anos também fez um balanço de sua primeira temporada no Estádio da Luz.

Cebolinha falou que ficou sabendo do interesse dos Encarnados através da imprensa e de seus empresários e que logo se empolgou com a ideia. “Brilharam-me os olhos porque é um grande clube, um clube que está sempre na luta por competições europeias. É o maior campeão nacional e eu quis fazer parte deste elenco, deste clube tão grandioso", declarou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em seguida, o camisa 7 se mostrou contente com o rumo de sua vida dentro e fora de campo. "Agora é só conquistar títulos. Sou uma pessoa muito realizada, tenho dois filhos com saúde, sou bem casado, jogo no maior clube de Portugal… não me falta nada! Quero conquistar títulos pelo Benfica e deixar o meu nome na história do clube”.

O atacante da Seleção Brasileira também falou de sua relação com a torcida e lembrou do Imortal. "Sinto-me muito orgulhoso pelo que fiz, pessoal e profissionalmente. Pude dar alegrias aos adeptos brasileiros, do Grêmio, meu antigo clube, e espero também poder dar alegrias aos benfiquistas”, completou, elogiando a “gigantesca torcida” do time.

Por fim, Cebolinha exaltou o sonho de defender um “grande clube da Europa” e cravou: “Agora é desfrutar”. Em sua primeira temporada no Benfica, o brasileiro disputou 48 partidas, com 8 gols e 11 assistências.

Com informações do Jornal Record, de Portugal.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos