Ceará e Uniclinic empatam e voltam a se enfrentar nas quartas do Cearense

Precisando pontuar para se classificar, e evitar o rebaixamento para a Série B do Campeonato Cearense, o Uniclinic aproveitou a opção de Givanildo Oliveira por escalar um Ceará reserva, já que tinha garantida a liderança da primeira fase do estadual, e arrancou um empate com o Vovô, por 2 a 2, neste domingo, na Arena Castelão.

Para o Uniclinic, Netinho e Edson Cariús deixaram suas marcas. Para o Ceará, Magno Alves e Maxi Biancucchi marcaram. Com o resultado, as duas equipes avançam para o mata-mata e voltam a se enfrentar pelas quartas de final. O Ceará foi dono da melhor campanha na primeira fase, com 20 pontos, enquanto a Águia ficou na oitava posição, com nove conseguidos.

A partida, válida pela nona e última rodada do Cearense, valia muito mais ao Uniclinic, que brigava para conseguir a classificação para a próxima fase – e evitar o rebaixamento. O Ceará, já classificado, tinha Magno Alves como o único titular em campo. Com este panorama, a equipe mandante tomou a iniciativa do confronto.

Logo aos nove minutos, Netinho recebeu lançamento pela direita, ganhou do zagueiro e mandou um chute forte, cruzado, sem chances para Lauro, goleiro do Vovô. Em seguida, aos 18, o Uniclinic ampliou com Edson Cariús em jogada ensaia de escanteio – que contou com a ajuda do arqueiro adversário.

O Ceará, em desvantagem, lançou-se ao ataque e teve a oportunidade de diminuir, e até mesmo empatar, ainda no primeiro tempo. Em duas boas chances, Dionathan salvou sua equipe. Na outra, Maxi Biancucchi cabeceou por cima do gol adversário.

No segundo tempo, após duas bolas na trave, Rafael Carioca fez boa jogada pela esquerda e encontrou Magno Alves. O experiente atacante só completou e diminuiu o placar quando o relógio marcava 22 minutos. Aos 37, Maxi Biancucchi viu a bola sobrar em seu pé e igualou o marcador.

Sentindo o cansaço, e precisando do ponto para manter-se vive na competição, o Uniclinic se fechou e quase tomou a virada. Tanto Biancucchi quanto Magno Alves tiveram oportunidades para marcarem pela segunda vez, mas não foram felizes nas conclusões.