Ceará martela, mas acaba ficando no zero com o Fortaleza pela Copa do Nordeste

Futebol Latino
·3 minuto de leitura


No clássico da rodada, Ceará e Fortaleza bem que tentaram, mas acabaram não tirando o zero do placar no primeiro Clássico-Rei do ano, na Arena Castelão, pela Copa do Nordeste.

Com o resultado, o Vozão caiu para a segunda colocação do Grupo A, agora com 6 pontos, enquanto o Leão manteve-se na liderança do Grupo B, porém agora com 8 pontos. Entretanto, ambos os times poderão cair na classificação já que os rivais ainda jogarão no complemento da rodada.

INÍCIO DE JOGO EQULIBRADO

Com as duas equipes procurando o gol desde o começo, o foco foi o ataque. No entanto, a primeira chance foi do Ceará, após passe Vina para Mendoza, com o camisa 10 mandando a bola para a boa defesa de Felipe Alves.

Na sequência, o Fortaleza deu o troco. Em contra-ataque após erro do rival, Wellington Paulista cruzou para Luiz Henrique, mas o atleta acabou mandando a bola por cima do gol.

PANORAMA EM CAMPO SEGUIA IGUAL

Com o decorrer do tempo, o duelo continuou sem grandes modificações. Até os acréscimos, o lá e cá era nítido, porém nenhuma chance foi o suficiente para tirar o zero do placar na Arena Castelão, dando a deixa para o árbitro Antônio Dib mandar os dois times para os vestiários.

CEARÁ VOLTA MELHOR NO SEGUNDO TEMPO

Sem modificações no retorno para a etapa final, a expectativa era de um clássico na mesma intensidade. Entretanto, diferente como foi nos primeiros 45 minutos, o Vozão não quis saber de ceder espaços ao Fortaleza e, com muita velocidade, buscava o ataque o tempo todo.

Em algumas chances criadas, entre elas com Klaus, Fernando Sobral e Saulo, em todas o goleiro Felipe Alves mostrou-se atento para fazer as defesas. Ainda em um dos lance, a bola de Robson que, ao tentar afastar o perigo, mandou contra sua própria meta chutando na trave, evitou que o placar fosse aberto na Arena Castelão.

MUDANÇAS DOS DOIS LADOS

Percebendo que sua equipe passou a ser mais pressionada, o técnico do Leão, Enderson Moreira, então promoveu duas trocas tirando Luiz Henrique e Wellington Paulista, colocando Matheus Vargas e Osvaldo, respectivamente. Momentos mais tarde, foi a vez de Isaque entrar no lugar de David.

Por outro lado, Guto Ferreira também não ficou para trás no quesito substituições. Entre elas, Mendoza e Vina deixaram seus lugares para Jorginho e Marlon, respectivamente.

RETA FINAL SEM GRANDES EMOÇÕES

Nos minutos finais, a equipe mandante ainda tentou algumas bolas na área do rival. Entretanto, de forma fechada, o Leão evitou que fosse pressionado, fazendo com que o jogo terminasse do jeito que iniciou: 0 a 0.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ x FORTALEZA - 4ª RODADA DA COPA DO NORDESTE
​Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 20 de março de 2021, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (CBF-PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (CBF-PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (CBF-PI)
Cartões amarelos: Wellington Paulista, Wanderson, Pablo e Enderson Moreira (FOR) / Fernando Sobral e Marlon (CEA)
Cartões vermelhos: -

GOLS: -

CEARÁ (Técnico: Guto Ferreira)
Richad; Eduardo, Klaus, Luiz Otáveio e Bruno Pacheco; William Oliveira (Oliveira, 27'/2ºT), Fernando Sobral e Vina (Marlon, aos 35'/2ºT); Mendoza (Jorginho, aos 36'/2ºT), Saulo (Yony González, aos 28'/2ºT) e Cléber (Jael, aos 24'/2ºT).

FORTALEZA (Técnico: Enderson Moreira)
Felipe Alves; Pablo Gabriel, Quintero, Wanderson (João Paulo, aos 41'/2ºT) e Carlinhos; Éderson, Jussa (Juninho, aos 41'/2ºT) e Luiz Henrique (Matheus Vargas, aos 24'/2ºT); Robson, Wellington Paulista (Osvaldo, aos 25'/2ºT) e David (Isaque, aos 35'/2ºT).