CBV divulga seleções masculina e feminina da 1ª fase da Superliga

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) divulgou nesta terça-feira as duas seleções da fase classificatória da Superliga 2016/17. As listas, que são feitas de acordo com os números dos jogadores nos principais fundamentos de suas respectivas posições dentro de quadra, o destaque fica para o domínio do Cruzeiro na equipe masculina e o grande equilíbrio entre os times na feminina.

Dos sete nomes presentes na lista masculina, cinco fazem parte do Cruzeiro. São eles o levantador William, o oposto Evandro, o central Simón, o ponteiro Leal e o líbero Serginho. Fecham a seleção o central Ialisson, do Canoas, e o ponteiro Douglas, do Sesi.

Já a seleção feminina conta com grande equilíbrio levando em conta o número de jogadoras de cada equipe na lista. Um fato curioso é a ausência de atletas do Rio de Janeiro, equipe que liderou a primeira fase da competição com folga, indo para os playoffs com a melhor campanha entre os 12 times participantes.

Duas equipes possuem mais de uma representante na seleção. São elas o Brasília, que conta com a levantadora Macris e a central Roberta, e o Minas, com a presença da oposta Hooker e da central Mara. Fecham a lista as ponteiras Tandara, do Osasco, e Alix, do Praia Clube, e a líbero Brenda Castilli, do Bauru.

A seleção foi definida de acordo com os números dos atletas nos principais fundamentos do vôlei, dando um peso maior para um atributo que seja mais importante para a respectiva posição do jogador. Entre estes critérios estão o levantamento, ataque, saque, bloqueio, recepção e defesa.

Após o término da fase de classificação, as equipes que garantiram vaga para os playoffs se preparam para a disputa das quartas de final da Superliga. O jogo que abre a pós-temporada será nesta quinta-feira, entre Osasco e Fluminense, na disputa feminina.