CBV define sedes das finais da Superliga

A decisão masculina será em Minas Gerais enquanto a feminina ocorrerá no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro

A Confederação Brasileira de Vôlei divulgou nesta segunda-feira os locais das finais da Superliga masculina e feminina. A decisão entre as mulheres será no dia 23 de abril, na Jeunesse Arena, localizada no Parque Olímpico, enquanto a masculina, ocorrerá no dia 7 de maio, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG).

A arena carioca sediou, na Rio-2016, as competições de ginástica rítmica e de trampolim e recebe pela segunda fez uma final do principal torneio de vôlei do país. Na temporada 2014/2015, o local foi palco do confronto entre Rexona-Sesc (RJ) e Vôlei Nestlé (SP). O título ficou com o time carioca. O Mineirinho já recebeu a final de Superliga nas edições 2004/2005, 2010/2011 e 2014/2015.

O Sada Cruzeiro (MG) e o Rexona-Sesc (RJ) são os atuais campeões da Superliga masculina e feminina. Para as próximas finais, a previsão de início das vendas dos ingressos é nos dias 23 de março e 7 de maio.

Confrontos das quartas

A CBV também divulgou as tabelas das quartas de final da competição. As mulheres abrem a disputa do playoff nesta quinta-feira, com transmissão ao vivo da RedeTV e SporTV.com, enquanto as disputas no masculino terão início na sexta, em jogo que será mostrado pelo SporTV.

No masculino, os confrontos são: Sada Cruzeiro (MG) e Lebes/Gedore/Canoas (RS); Funvic Taubaté (SP)e JF Vôlei (MG); Sesi-SP e Minas Tênis Clube (MG); Vôlei Brasil Kirin (SP) e Montes Claros Vôlei (MG).

No feminino: Rexona-Sesc (RJ) e Pinheiros (SP); Vôlei Nestlé (SP) e Fluminense (RJ); Dentil/Praia Clube (MG) e Terracap/BRB/Brasília (DF); Camponesa/Minas (MG) e Genter Vôlei Bauru (SP).

Taça Ouro dá vaga para Superliga

A Taça Ouro, disputada pela primeira vez e nos dois naipes, é uma competição aberta aos rebaixados da Superliga principal e aos clubes que disputaram a Superliga B e não conseguiram a classificação. O campeão terá vaga garantida na Superliga masculina e feminina 2017/2018.
















E MAIS: