CBTKD anuncia impugnação de chapa de ex-presidente da entidade

A Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD) publicou, em seu site oficial, uma nota para anunciar as três chapas que concorrerão às eleições da entidade, que serão realizadas no próximo dia 24 de abril. O destaque ficou por conta da impugnação de uma quarta frente que concorria.

A chapa “Avante CBTKD Brasil”, do ex-presidente Carlos Fernandes, foi impugnada de participar das eleições. Em nota, a Confederação apresenta uma lista de motivos para ter tomado a decisão.

Ex-presidente da CBTKD, Carlos Fernandes, vem sendo investigado por fraudes em licitações na compra de materiais esportivos. Na última semana, o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro pediu o bloqueio dos bens do dirigente, que começou a ser investigado já ano passado.

Assim, as três chapas que foram homologadas para a disputa foram: Chapa “Renovar”, de Jadir Fialho Figueira; Chapa “Muda CBTKD”, de Yeo Jun Kim; e Chapa “Juntos Somos mais fortes”, de Alberto Cavalcante Maciel Junior.

Confira abaixo o comunicado oficial da CBTKD sobre a impugnação.

1- Não houve a apresentação das certidões negativas do Vice Presidente da Chapa, bem como nenhuma certidão dos membros do Conselho Fiscal – descumprindo o determinado no Edital;

2- O candidato à Presidente apresentou Certidão com finalidade para cumprimento do disposto na Resolução CNJ nº. 156/2012 em vez de Certidão Negativa da Justiça Estadual – Criminal;

3- O candidato a Presidente não informou o número do R.G. repetindo o número do CPF;

4- O candidato a Presidente foi afastado da diretoria da CBTKD por decisão da Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro – Processo nº. 0010598-52.2016.8.19.0000;

5- O candidato a Presidente foi afastado através de Medida Cautelar Diversa da Prisão por determinação do Juiz Federal da 2ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo nº 0017512-36.2014.4.02.5101;

6- O candidato a Presidente foi afastado pela 12ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Ação de Improbidade Administrativa – Processo nº. 0100430.92.2017.4.02.5101.

Diante dos elementos, acima, constatados, a Comissão Eleitoral  IMPUGNA  a inscrição da CHAPA AVANTE CBTKD  BRASIL.