CBF procurou Xavi Hernández para ser auxiliar de Tite na Seleção Brasileira, crava jornal

·1 minuto de leitura

Ter um estrangeiro comandando a Seleção Brasileira é algo que muitos torcedores desejam, mas que muitos consideram improvável por conta das estruturas e ideias conservadoras enraizadas nos bastidores do nosso futebol.

Contudo, uma notícia publicada pelo jornal 'As' na noite desta terça-feira (18) gerou enorme surpresa nas redes sociais tupiniquins: de acordo a fonte citada, a Confederação Brasileira de Futebol abriu contato com o técnico Xavi Hernández, atualmente no Al-Sadd, oferecendo a ele o cargo de auxiliar de Tite na Canarinho.

Xavi é o atual comandante do Al Sadd | Simon Holmes/Getty Images
Xavi é o atual comandante do Al Sadd | Simon Holmes/Getty Images

O plano da principal entidade do futebol nacional era manter Xavi como assistente de Tite até o desfecho da Copa do Mundo de 2022 e, então, passar o bastão do comando da Seleção Brasileira para o técnico espanhol. A CBF chegou a fazer uma oferta oficial para o profissional, mas esta foi prontamente recusada, por conta dos planos a médio/longo prazo de Xavi: renovou seu contrato com o Al-Sadd recentemente e tem o Barcelona, clube onde é ídolo, como sua grande ambição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos