CBF libera cerca de R$ 900 mil para árbitros, revela presidente da Anaf


O suporte da CBF para socorrer o futebol brasileiro meio à pandemia do novo coronavírus teve novo desdobramento nesta terça-feira. O presidente da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol do Brasil (Anaf), Salmo Valentim, utilizou as redes sociais para anunciar que a entidade liberou uma nova parcela na ordem de cerca de R$ 900 mil para ajudar a arbitragem do quadro nacional. O dirigente destacou:

"A medida ajudará boa parte da categoria que foi afetada economicamente com a paralisação das competições nacionais".

Ao todo, a CBF já disponibilizou R$ 1,8 milhão. O valor liberado neste momento será posteriormente descontado quando os árbitros voltarem ao trabalho.

Valentim valorizou a postura da CBF para ajudar os árbitros neste período turbulento. Segundo o presidente da Anaf, há o objetivo de fortalecer todo o futebol nacional:

"O apoio que a CBF está dando aos seus árbitros comprova o compromisso do presidente de não só apoiar a categoria durante a pandemia, como também, de continuar trabalhando em conjunto pelo fortalecimento da arbitragem brasileira".

E, em seguida, Salmo Valentim agradeceu o mandatário da CBF, Rogério Caboclo.

"Fica aqui, portanto, registrado o meu agradecimento público ao presidente Caboclo que mais uma vez não mediu esforços para que a arbitragem continue sendo amparada nesse momento de incertezas!" - disse.

No início do mês passado, a CBF já havia concedido aporte financeiro aos 479 árbitros e assistentes que pertencem ao quadro nacional. Além disto, ofereceu atendimento psicológico, aulas teóricas ministradas por videoconferência e orientações para manter o condicionamento físico durante este período de falta de jogos no Brasil.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também