CBF exigirá vacinação completa para jogadores em 2022

·2 min de leitura
BELO HORIZONTE, BRAZIL - DECEMBER 05: Players of Atletico Mineiro celebrate with the champion tropy after winning the match between Atletico MG and Red Bull Bragantino as part of Brasileirao 2021 at Mineirao Stadium on December 05, 2021 in Belo Horizonte, Brazil. (Photo by Pedro Vilela/Getty Images)
Guia médico divulgado pela entidade máxima do futebol brasileiro determina comprovante de vacinação para os atletas. Foto: (Pedro Vilela/Getty Images)

Está definido. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) determinou, através do Guia Médico de Medidas Protetivas para o Futebol Brasileiro 2022, publicado nesta sexta-feira (21), que irá exigir a vacinação completa contra a Covid-19 para todos os jogadores inscritos nas competições organizadas pela entidade.

De acordo com o documento publicado, o período de entendimento é de 14 dias após a aplicação da segunda dose ou da dose única: "Entende-se como vacinação plena o período de 14 dias após a aplicação da segunda dose se utilizada as vacinas de duas doses ou a aplicação da vacina de dose única".

Leia também:

O portal médico da CBF irá bloquear diretamente a inscrição dos jogadores caso não seja apresentado o comprovante de vacinação dos atletas relacionados para as partidas.

Jorge Pagura, presidente da Comissão Médica da CBF, disse em entrevista ao ge que: "Grande parte das internações hoje são de pessoas que não se vacinaram. A variante Ômicron é muito transmissível e os atletas têm que jogar sem máscaras. Então que nós podemos fazer é exigir que todos se vacinem para evitar casos graves".

A medida publicada hoje irá complementar os regulamentos específicos de cada competição organizada pela CBF, que também instrui as federações estaduais a solicitarem os comprovantes também.

Renan Lodi, jogador do Atlético de Madrid e que poderia ser uma das opções do técnico Tite, perdeu a chance de estar na lista da última convocação porque não se vacinou contra a Covid-19. No evento da convocação, Tite deu sua opinião sobre o tema: "Eu particularmente entendo que a vacinação é responsabilidade social, minha e da pessoa que está do lado".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos