CBF cumpre decisão judicial e explica motivo de Seleção Brasileira não ter um camisa 24

·2 minuto de leitura

A CBF cumpriu decisão judicial solicitada por um grupo LGBTQIA+, que solicitou que a entidade explicasse o motivo de não ter um camisa 24, mesmo contando com 24 jogadores em numeração ordinal, do 1 ao 23, pulando o 24, e com o meia Douglas Luiz usando a 25. A CBF afirmou que a decisão foi por opção tática e de escolha pessoal do jogador. A informação foi publicado pelo 'Esporte News Mundo'.

+ Veja os confrontos da Copa América!

- (A decisão foi tomada) em razão de sua posição (meio campo) e por mera liberalidade optou-se pelo número 25 - disse, em trecho da resposta enviada à Justiça.

- Como poderia ter sido 24, 26, 27 ou 28, a depender da posição desportiva do jogador convocado: em regra, numeração mais baixa para os defensores, mediana para volantes e meio campo, e mais alta para os atacantes - completou.

Leia também:

A resposta diz ainda que a CBF convocou 23 jogadores inicialmente, cumprindo as restrições sanitárias por causa da Covid-19, e que o jogador foi convocado posteriormente.

- como a CBF vem cumprindo rigorosamente os protocolos sanitários e não apresentou casos de contaminação, a Comissão Técnica sentiu-se confortável em convocar apenas mais um jogador, além dos 23 (vinte e três) inicialmente inscritos - concluiu.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola


A ação foi apresentada pela ONG Grupo Arco Íris de Cidadania LGBT, que fez cinco questionamentos a serem respondidos (veja aqui). A coletivo LGBTQIA+ apontou o preconceito com o número 24 causado pela associação ao animal veado no jogo do bicho como um possível motivo.

- O fato da numeração da seleção brasileira pular o número 24, considerando a conotação histórico cultural que envolta esse número de associação aos gays, deve ser entendido como uma clara ofensa a comunidade LGBTI+ e como uma atitude homofóbica - diz o grupo na petição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos