CBB apresenta nova logomarca em meio à suspensão da Fiba

A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) anunciou, nesta quarta-feira, a mudança em sua logomarca. O novo desenho conta com um visual mais moderno e teve inspiração na época de ouro do basquete brasileiro, que conquistou dois títulos mundiais masculinos e um feminino, representados por três estrelas na parte superior do escudo.

“Esta nova logomarca, que segue as normas estatutárias da CBB, nos remete ao período das nossas maiores gerações e enaltece as principais conquistas do basquete brasileiro, dois mundiais masculinos e um feminino, simbolizadas pelas três estrelas. Além disso, traz o nome ‘Basquete Brasil’, que adotaremos a partir de agora, por sermos o órgão representativo da modalidade no País”, explicou Guy Peixoto Júnior, presidente recém-eleito da CBB.

Ex-jogador da Seleção Brasileira, Guy Peixoto Júnior foi eleito para o cargo de principal mandatário da CBB no dia 10 de março deste ano, vencendo o candidato Amarildo Rosa por 17 a 9 no número de votos. O pleito foi realizado no auditório do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), no Rio de Janeiro.

Entre as principais medidas do mandato do presidente está o resgate da importância dos grandes nomes do basquete brasileiro, além negociar a retirada da suspensão imposta ao Brasil pela Federação Internacional de Basquete (Fiba), que impede que a Seleção Brasileira dispute toda e qualquer competição internacional.

A Fiba aplicou a suspensão ao basquete brasileiro em novembro de 2016, por causa de descumprimentos de obrigações da entidade, entre eles o não-pagamento de dívidas. Inicialmente, a punição valeria até janeiro deste ano, mas as duas partes não chegaram a um acordo e sanção continua em vigor.