CBAt suspende provisoriamente atleta brasileiro por doping

Nesta terça-feira, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) anunciou a suspensão provisória de Joel Ferreira Junior. O esportista testou positivamente para um exame de doping realizado em 2015.

Após análise de um laboratório localizado no Canadá, que tem o credenciamento da Agência Mundial Antidoping (Wada) e da Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf), o exame de urina do atleta brasileiro acusou a presença de um “esteroide anabólico androgênicos”.

A amostra é do dia 17 de maio de 2015, que foi coletada durante a Meia Maratona Internacional de Goiás. Aliás, no mesmo exame, já havia sido comprovado que Joel usou um diurético também proibido pelas entidades, e ele já cumpriu o período de inelegibilidade.

Após o resultado positivo obtido no dia 9 de fevereiro de 2017, Ferreira Junior tinha a opção para solicitar a contraprova, mas não optou pela ação. Além disso, a CBAt anunciou que não aceitou as explicações dada por Joel em 10 de fevereiro, e a suspensão provisória passou a valer em 24 de fevereiro.