CBAt assina termo de cooperação para melhorar controle de doping

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) assinou termo de cooperação com a Agência Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD). O objetivo é a melhoria dos métodos de controle contra o uso de substâncias proibidas pelos atletas.

O encontro entre as entidades teve a presença, entre outras pessoas, do presidente da Confederação, Toninho Fernandes, do vice-presidente Warlindo Carneiro da Silva Filho, além do secretário nacional para a ABCD, o ex-judoca Rogério Sampaio.

“Vamos realizar cerca de 500 controles em torneios do atletismo, ou fora de competição, este ano. Também tocamos nosso projeto educacional, sempre realçando que o jogo limpo deve prevalecer, para que haja igualdade na disputa”, explicou Sampaio.

O mandatário da CBAt também ressaltou a importância da entidade na luta contra o doping. “Há muitos anos instituímos a Comissão Nacional Antidoping e transformamos a Confederação na entidade que realizou o maior número de testes no País, depois do futebol”, exaltou.

A partir do acordo, a ABCD fará os controles antidoping nos eventos do atletismo nacional. Nas competições de campo e pista, os custos com estrutura para os exames serão arcados pela entidade de controle.