Australiano surpreende e conquista pole do GP da Argentina de MotoGP

EFE

Termas de Río Hondo (Argentina), 7 abr (EFE).- O australiano Jack Miller (Pramac Ducati) surpreendeu com uma estratégia ousada, optando por pneus slick em uma pista que não estava completamente seca, e cravou neste sábado a pole position do Grande Prêmio da Argentina de MotoGP, no circuito de Termas de Río Hondo.

Ao contrário do que aconteceu durante os treinos classificatórios da Moto3 e da Moto2, ocorridos sob chuva, a categoria principal definiu o grid de largada com tempo bom, embora a pista não tenha secado completamente.

Mesmo assim, Miller arriscou e foi premiado com a primeira pole da carreira. O australiano marcou o tempo de 1min47s153 e foi 0s177 mais rápido que o espanhol Dani Pedrosa (Honda), segundo colocado. Quem completará a primeira fila é o francês Johann Zarco (Tech 3 Yamaha).

Pela primeira vez desde que chegou à categoria rainha, em 2013, o também espanhol Marc Márquez (Honda) não sairá à frente. O tetracampeão mundial foi apenas o sexto mais rápido da classificação, atrás também dos compatriotas Tito Rabat (Avintia Ducati) e Álex Rins (Suzuki).

Vencedor da corrida de abertura do calendário, no Catar, há três semanas, o italiano Andrea Dovizioso (Ducati) largará apenas em oitavo. Aleix Espargaró (Aprilia), também da Espanha, é o sétimo do grid, enquanto o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli (Marc VDS Honda) partirá em 22º entre os 24 concorrentes.

A pole position da Moto2 ficou com o espanhol Xavi Vierge (Intact Kalex), enquanto o brasileiro Eric Granado foi o 24º melhor entre 32 pilotos. Na Moto3, quem largará em primeiro lugar será o italiano Tony Arbolino (Snipers Honda). EFE


Leia também