Cavani no Boca? O que se sabe sobre a possível contratação do uruguaio do PSG

Goal.com

Nos últimos anos, grandes jogadores vieram da Europa para a América do Sul. A lista é extensa e conta com nomes como Daniel Alves, Filipe Luis, Juanfran, Carlos Tevez e muitos outros. A bola da vez, que poderia ser uma das maiores contratações dos últimos tempos, é Edinson Cavani, que está na mira do Boca Juniors.

Os Xeneizes estão acompanhando a situação do uruguaio e tentarão convencê-lo de vestir as cores do clube. O contrato do atacante com o uruguaio acaba no dia 30 de junho e equipes não vão faltar no futebol europeu com interesse em Cavani. Mesmo assim, o Boca está no páreo.

Segundo o jornal uruguaio Ovación, os torcedores do Boca tem motivos para se animar. Há algum tempo, "El Matador" foi perguntado na ESPN se preferia o River Plate ou o Boca Juniors. "O Boca é uma equipe que me atrai, que eu gosto. Ir para lá, marcar um gol e subir no alambrado da Bombonera, como fez Manteca Martínez", citando o jogador que atuou pelo clube nos anos 90.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Recentemente, além de Tévez, o clube xeneize contratou também Daniel de Rossi, meio campista italiano. Então, pensar na contratação do maior artilheiro do PSG não é nenhum absurdo.

Cavani, aos 33 anos, ficou perto de acertar com o Atlético de Madrid na janela de janeiro, mas a proposta não foi suficiente para convencer o PSG a liberá-lo, mesmo sabendo da possibilidade de perder o jogador de graça no meio do ano.

O Boca quer reforçar o ataque e tem outros nomes na mira caso a contratação de Cavani se torne inviável. Guido Carillo, do Leganés, e Jonathan Calleri, ex-São Paulo e que já jogou pelo time de La Bombonera. Calleri hoje atua pelo Espanyol, mas ainda tem seu passe ligado ao Deportivo Maldonado, do Uruguai.

O clube também tem outras prioridades além da contratação de um atacante. A renovação de contrato de Tevez é uma delas, além da extensão do vínculo do também atacante Mauro Zárate.

Leia também